BREAKING NEWS

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Reino - Parte I

Venting...
Era uma vez, num lugar nada distante...
Uma princesa, de berço, começou seu sonho de construir seu próprio reino. Idealizou o que haveria neste reino, pois teria que ser perfeito, diferente de qualquer reino comum. E assim ela começou a sonhar e planejar.

A princezinha foi crescendo e lutando para que seu reino emergisse de seus sonhos para a vida real.
Dentro dos detalhes necessários a qualquer reino, havia um que não dependia apenas de seus esforços, o Príncipe.
A princesa então começou a buscar seu príncipe, mas não sabia o quanto era difícil achar um príncipe diferenciado, a altura de seus sonhos.

Certo dia, por uma coincidência absurda de timmings, aquela princesa BELíssima, de rosto angelical, pele branquinha e delicada como uma boneca de porcelana se sentiu protegida por um príncipe, este totalmente de acordo com seus sonhos, BRAVO, destemido e protetor.
O que a princesa não sabia, era que aquele ser não era um príncipe, tratava-se de um monstro tão mal e egoísta que por onde passava só deixava tristeza e desilusão.

A princesa só o confundiu com um príncipe, porque de tão encantado pela jovem, o monstro se disfarçou-se em um belo príncipe.

Então foram se conhecendo, Princesa e Monstro, planejando um futuro maravilhoso e diferente no Reino da Princesa.

O Monstro, que até então não conhecia o amor verdadeiro, tentava se comportar como príncipe a qualquer custo, apenas para merecer o amor da Princesa. Porém vez ou outra, alguma monstruosidade era feita e acabava machucando a Princesa. O Monstro também jamais havia conhecido dor tão grande como a da culpa. Quando sentia essa dor, esforçava-se mais para se transformar num príncipe de verdade.

A essa altura a Princesa já havia descoberto sobre o monstro, mas acreditava no amor diferente que surgiu e se via tão próxima de seu sonhado Reino, que não compensava procurar um novo príncipe.
Cega devido ao foco na construção de seu reino, não via que mesmo com esforço mútuo, o monstro ainda era um monstro e sendo assim, jamais seria um príncipe.

Eis que o Reino ficou pronto!
A princesa cuidou de todos os detalhes, o monstro estragou alguns, mas de qualquer forma, aquele era o dia mais feliz da vida da Princesa, pois seu Reino estava pronto. Era também o dia mais feliz da vida do Monstro, pois jamais imaginou sequer poder entrar num Reino tão perfeito, com uma princesa e ainda ouvir a Princesa dizer olhando em seus olhos que era o dia mais feliz de sua vida.

O Monstro, absorto de emoção, não reparou que o motivo de ser este o dia mais feliz da vida da princesa, era devido à oficialização do Reino e não porque ele estava ali, como imaginou.

A Princesa trabalhou tanto por aquele reino, que os detalhes não importavam mais. Só queria repousar e viver toda a plenitude de seu reino, como sempre sonhou.

O Reino estava lá, estampado para qualquer um ver, a maior conquista da Princesa. O que muitos achavam impossível, aconteceu. A Princesa venceu.
Este poderia ter sido o final da história. O triunfo de uma princesa determinada e forte.
Mas não foi o fim...

Continua...

3 comentários :

  1. Estes seus ultimos posts sao uma forma metaforica de dizer que voce separou-se de sua mulher?

    ResponderExcluir
  2. Anônimo, os últimos não. Mas neste post, essa separação teve grande influência.
    De qualquer forma é apenas uma fábula. Hehehe

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. João, a separação de um casal é a parte mais difícil de se passar na vida. É como se 2 folhas fossem coladas, e depois vc tenta separar as folhas, não tem jeito, fica parte de uma grudada na outra. Isso é a separação de um casal, vai ficar partes dela em vc e de vc nela para sempre. Volta pra ela. Casamento nunca foi e nunca será fácil. Com quem for que vc estiver casado sempre terá conflitos e dificuldades. rsrs...

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!