BREAKING NEWS

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Sim, existe uma Regra do Dinheiro! Não vim falar de algo mirabolante e também não estou vendendo um programa de MMN ou afiliados e etc. Só quero te dizer que existe uma regra do dinheiro. Estudo sobre dinheiro há 6 anos de maneira teórica e prática, já ganhei e já perdi, já fui considerado um fenômeno e um fracassado. Com isso aprendi a regra!

Bullshit!!! Não é isso!

Trabalhar duro?
Não! Claro que o dinheiro não virá sem sacrifício, salvo algumas exceções, mas deve-se trabalhar duro na coisa certa e não simplesmente trabalhar duro. Meus pais estão na casa dos 60', trabalham duro desde a infância e não têm dinheiro. Portanto, a regra não é trabalhar duro.


É preciso ter o conhecimento necessário para saber em quê e como trabalhar duro.

Então a regra é estudar muito e ampliar seus conhecimentos?
Não! De nada adianta o conhecimento sem coragem e eficácia. Vejo um monte de gente cheio de projetos e totalmente presos em suas zonas de conforto, achando que amanhã será um novo dia para colocarem o projeto em prática, quando deveriam pensar que só existe o hoje.

A regra então seria ser arrojado, corajoso, destemido?
Não! Definitivamente não! Olhem pra mim... Coragem não falta, mas a mesma coragem que me rendeu dinheiro, também me tirou. No jogo sempre perderemos e ganharemos, mas é preciso equilibrar as coisas, para que ganhemos mais do que perdemos.

Ah! Então a regra é equilibrar todos os itens acima?
Háaaa!!! Pegadinha do Malandro!
A resposta é não! Conheço um cara que trabalha duro em tudo que faz, com um QI acima de 130, que tem vasto conhecimento em dinheiro e mercados, que vem num desenvolvimento constante, totalmente destemido para criar, inverter e "ir contra", que vem ficando a cada dia mais equilibrado e eficaz mas que ainda não conseguiu dominar o quase indomável dinheiro.

BRING IT ON MODAFOCA!!!

Pow João, qual é a pinóia da regra então?
A regra tem uma definição bem simples, mas envolve uma complexidade sem dimensões.
A Regra Universal do Dinheiro é:

Comprar por 1 e vender por 2, AGORA!

Pense sobre isso, se puder...

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O nome Long & Short é muito bonito e passa aquela impressão de operação cabulosa, de caras que entendem mesmo de Mercado Financeiro, coisa de filmes tipo Wall Street e etc, se eu disser “Pairs Trading” então...
Pra mim, o Long & Short é apenas um belo exemplo de como instituições, investidores e gurus não fazem força nenhuma para que a Bolsa de Valores se popularize no Brasil.

Fuck!!! Sei o que é Long Short, agora sou uma lenda de Wall Street!

É uma operação de arbitragem e por ler em alguns livros gringos sobre arbitragem, sendo esta acessível ao pequeno investidor, me atraiu de cara!

A partir de hoje, quando ver a expressão “Long & Short”, leia “Comprado e Vendido”.
Todos os agentes do mercado complicam demais a explicação dessa operação, mas é bem simples... a explicação.
É uma operação casada, onde o investidor espera que os dois papéis escolhidos tenham alguma relação, tipo a operação muito usada de fazer o Long & Short de ações ON e PN.
O investidor ganha na diferença de rentabilidade entre os papéis escolhidos.

Assim ó..
Os dois papéis são escolhidos com a ajuda do ratio, que é a divisão do valor da ação comprada pelo da ação vendida. Quanto maior o ratio, maior a correlação e menor o risco da operação.
Daí pegamos uma média móvel do ratio em um período, para sabermos (tentarmos) o melhor ponto de início da operação.

Inicialmente, o par de papéis segue o seguinte molde: o papel que será comprado (Long) é aquele que esperamos ter uma valorização maior, já o papel que será vendido (Short) é aquele que esperamos uma valorização menor.
Exemplo besta: Se você acha que Usiminas ON vai subir mais que Usiminas PN:
- Long em Usiminas ON (Comprado)
- Short em Usiminas PN (Venda a descoberto = Vende sem ter ação, para recomprar)

Pra mim, trata-se de uma operação dependente da Análise Técnica, onde o que definirá seus ganhos é o timing certo, porém com um risco sistemático menor.

Aqui não tem frufru pow!

Custos
Embora as corretoras incentivem qualquer um a montar uma operação dessas, saiba que não é pra qualquer um, pois o custo da operação é muito alto pra quem não colocar uma grana boa na operação, tipo mais que uns 20k.

Isso porque o investidor paga:
Uma corretagem variável para alugar e vender o papel Short, já que não dá pra fazer essa operação pelo Home Broker;
Uma taxa de aluguel do papel Short;
Três corretagens do Home Broker para a compra do papel Long e mais duas para desfazer a operação.

Ou seja, pra quem montar um Long & Short de 3k, torna-se um custo muito alto, já pra quem montar um de 50k, já não é um custo operacional significante.

Enfim, o resto sobre Long & Short, os aprofundamentos, variações e blablablás, você poderá encontrar nos sites dos gurus da web. Quis apenas dar uma luz!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Ainda não sabe como a Alocação de ativos pode te ajudar?

Há poucos dias atrás, escrevi sobre minha lição de não depender apenas de uma fonte de renda e escrevi também sobre o que fazer com seu dinheiro se receber uma boa herança ou ganhar na loteria. Eis então que recebi de presente o material super bem elaborado e didático do meu amigo Henrique Carvalho, o ebook mais completo que já vi! O Alocação de Ativos.

Não estava em minha lista de prioridades ler algo sobre Alocação de Ativos e essa é a parte legal da vida. Às vezes você está muito concentrado olhando para um lado e alguém te cutuca do outro lado...

É uma leitura essencial para quem é ou quer ser um investidor. Sério, chega a ser obrigatório.
Deixar pra ler um material desses só depois que já tiver muitos Ativos é uma besteira boçal, já que esta te ajudará a construir estes Ativos.

Sabe aquela história de não colocar todos os ovos na mesma cesta?
Pois é, este é o livro que te ajudará a saber quantas cestas serão, quantos ovos estarão em cada uma e quais os tipos de ovos em uma e em outra.
Ah, também fala bastante sobre cestas e ovos!
Tudo de formas simples e direta, sem lenga-lenga.

Cliquem aí embaixo e entrem no site do cara! Verão sobre o que estou falando...

O material possui 7 capítulos com informações inovadoras sobre essa estratégia de investimentos ainda pouco explorada aqui no Brasil e que pode ser praticada por qualquer investidor, independente de sua experiência.

No site você irá encontrar:

1. Vídeo explicando os problemas do investimento tradicional e como o eBook ‘Alocação de Ativos’ irá ajudar a superá-los
2. Download grátis de uma amostra do eBook
3. Três grandes benefícios do eBook
4. Conteúdo dos 7 capítulos do eBook
5. Várias Imagens de dentro do eBook
6. Depoimentos de especialistas
Isso apenas no site!

Ah, só uma última coisa...
Adoro coisas com garantia... kkkkkk

Se você por algum motivo ainda estiver na dúvida sobre a qualidade do material, saiba que você pode contar com uma garantia de 30 dias para receber todo o seu dinheiro de volta, caso não esteja satisfeito com o material.

Se seguir esse link e comprar o material ainda ganham outros materiais riquíssimos de brinde!
Vai esperar ganhar na Megasena?

Clique Aqui e quando conversar com o Henrique, diga que foi o João do Blog Dinheirologia que indicou!


Livro: Alocação de Ativos
Autor: Henrique Carvalho
Nota Dinheirologia: 10


Clique na Imagem e compre este livro no Site do autor! Vale muito o investimento!