BREAKING NEWS

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O Que É Long Short - Sem Frufrus

O nome Long & Short é muito bonito e passa aquela impressão de operação cabulosa, de caras que entendem mesmo de Mercado Financeiro, coisa de filmes tipo Wall Street e etc, se eu disser “Pairs Trading” então...
Pra mim, o Long & Short é apenas um belo exemplo de como instituições, investidores e gurus não fazem força nenhuma para que a Bolsa de Valores se popularize no Brasil.

Fuck!!! Sei o que é Long Short, agora sou uma lenda de Wall Street!

É uma operação de arbitragem e por ler em alguns livros gringos sobre arbitragem, sendo esta acessível ao pequeno investidor, me atraiu de cara!

A partir de hoje, quando ver a expressão “Long & Short”, leia “Comprado e Vendido”.
Todos os agentes do mercado complicam demais a explicação dessa operação, mas é bem simples... a explicação.
É uma operação casada, onde o investidor espera que os dois papéis escolhidos tenham alguma relação, tipo a operação muito usada de fazer o Long & Short de ações ON e PN.
O investidor ganha na diferença de rentabilidade entre os papéis escolhidos.

Assim ó..
Os dois papéis são escolhidos com a ajuda do ratio, que é a divisão do valor da ação comprada pelo da ação vendida. Quanto maior o ratio, maior a correlação e menor o risco da operação.
Daí pegamos uma média móvel do ratio em um período, para sabermos (tentarmos) o melhor ponto de início da operação.

Inicialmente, o par de papéis segue o seguinte molde: o papel que será comprado (Long) é aquele que esperamos ter uma valorização maior, já o papel que será vendido (Short) é aquele que esperamos uma valorização menor.
Exemplo besta: Se você acha que Usiminas ON vai subir mais que Usiminas PN:
- Long em Usiminas ON (Comprado)
- Short em Usiminas PN (Venda a descoberto = Vende sem ter ação, para recomprar)

Pra mim, trata-se de uma operação dependente da Análise Técnica, onde o que definirá seus ganhos é o timing certo, porém com um risco sistemático menor.

Aqui não tem frufru pow!

Custos
Embora as corretoras incentivem qualquer um a montar uma operação dessas, saiba que não é pra qualquer um, pois o custo da operação é muito alto pra quem não colocar uma grana boa na operação, tipo mais que uns 20k.

Isso porque o investidor paga:
Uma corretagem variável para alugar e vender o papel Short, já que não dá pra fazer essa operação pelo Home Broker;
Uma taxa de aluguel do papel Short;
Três corretagens do Home Broker para a compra do papel Long e mais duas para desfazer a operação.

Ou seja, pra quem montar um Long & Short de 3k, torna-se um custo muito alto, já pra quem montar um de 50k, já não é um custo operacional significante.

Enfim, o resto sobre Long & Short, os aprofundamentos, variações e blablablás, você poderá encontrar nos sites dos gurus da web. Quis apenas dar uma luz!

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!