BREAKING NEWS

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Como já é de praxe, olha eu usando o Blog para postar pensamentos e sentimentos meus...
Sim, não existem simpatizantes com o Galo e sim torcedores que amam o Clube Atlético Mineiro.
Tá você pode dizer que qualquer torcida é assim, mas quem é atleticano sabe do que estou falando. Passar uma vida inteira demonstrando amor incondicional, nas inúmeras derrotas para outros clubes, para a sorte ou para a arbitragem, não é pra qualquer torcida.

Passamos tanto tempo buscando força apenas nas primeiras vitórias, que agora, prestes a conquistar (ou não) um título de expressão, precisamos gritar o mais alto que podemos um "Eu acredito!", para que nós mesmos consigamos acreditar no que está acontecendo.


Esperei 34 anos por este momento. Isso é motivo de chacota para as torcidas rivais, mas pra mim e para todos os outros atleticanos, é prova de meu amor incondicional.

Em 1999, fui à São Paulo, naquela final do Brasileiro contra o Curintia. Não deu!
Em 2005, estava no Mineirão, contra o Vasco, quando fomos rebaixados pra segunda divisão. Motivo de chacota por toda a história, mas pra mim, só mais uma prova de amor incondicional pra vida toda.

Sou daqueles atleticanos tradicionais, que adora ver os jogos com o pai, que passou o amor pra minha geração, tal como foi passado a ele.
Sou daqueles atleticanos aparecidos, que pendura bandeira na janela e no carro.
Sou daqueles atleticanos que falam merd@ (ou escrevem) sem fundamento algum e totalmente tomado por emoção, como agora.
Sou daqueles atleticanos conscientes, que não discute com cruzeirenses, pois sabe que eles têm mais títulos, mas nós temos um sentimento que eles jamais saberão do que se trata.
Sou daqueles atleticanos que chora. Chorei em 1999, em 2005 e nas duas defesas de São Victor contra o Tijuana e contra o News.
Sou daqueles atleticanos que aprenderam a amar o Independência como nosso lar, mas que sabe... A HISTÓRIA DEVE SER ESCRITA NO MINEIRÃO! Berço de todo esse amor que tenho pelo meu time.

Daqui a pouco começa o primeiro jogo da Final da Libertadores 2013, com meu Galo lá.
Podemos vencer, empatar ou perder.
Se no final da próxima quarta-feira eu estiver chorando de tristeza, por não ter conseguido o título, minhas lágrimas serão devidamente enxugadas em uma das minhas várias camisas do Galo e meu coração estará cheio de amor esperando a próxima oportunidade.
Caso ganhemos, que não se preocupem os cruzeirenses. Não quero nem saber de vocês! Estarei abraçando cada atleticano que estará comigo no Mineirão, comemorando algo pelo qual esperei 34 anos da minha vida.

Força Galo! Estaremos aqui na alegria e na tristeza, nas vitórias e nas derrotas. Isso porque o Galo é amor, não é simpatia.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Cansado de trabalhar como empregado?

Somos obrigados a ser donos de algo para nos dar bem!?

E se pudermos pegar o melhor dos dois mundos?! Seríamos um tipo híbrido de empreendedores?

Logo que comecei este Blog, frisei sobre a importância de se trabalhar por conta própria, de ser dono, de empreender.
Um tempo depois, voltei para escrever que talvez a melhor opção fosse construir uma carreira profissional, como empregado, conciliando com o empreendedorismo.
Porém, por toda a minha vida, trabalhei por conta própria, empresas minhas, pequenos negócios, empreendendo 24h por dia!

Eis que a vida quis me forçar a enxergar as coisas de outra maneira...
Em novembro de 2011, me encontrava destruído emocionalmente com o fim do meu relacionamento e totalmente quebrado, sem nenhum novo negócio e tendo aberto mão dos antigos. ou seja, estava deprimido, sem ter o que fazer e com um patrimônio de R$6,90 na carteira.


Como qualquer ser vivo, me adaptei à nova situação.
Devo dizer que tentei empreender nessa época, apenas com meu network e conhecimento, mas poucos capitalistas confiam em fracassados. Nem mesmo eu confiava mais em mim.

Daí decidi fazer "bicos" e aprender um pouco mais sobre tudo, na prática. Não me preocupei com dinheiro e claro, em meio ao aprendizado, isso fez toda a diferença. Sem dinheiro e/ou poder, a sociedade não te vê com os mesmos olhos e nem você reflete a mesma imagem no espelho.

Então surgiu a primeira oportunidade de trabalhar como funcionário, numa empresa de comunicação visual. Aprenderia a trabalhar com o Corel Draw e ainda receberia um salário por isso! ...
Durou pouco mais de um mês, aprendi a "fuçar" no Corel e ainda não recebi o salário.

Foi então que outra oportunidade surgiu e em fevereiro de 2012 minha carteira de trabalho foi assinada pela primeira vez.
Gerenciar uma academia não era um objetivo em minha vida, mas dado o cenário tenebroso e a equipe que encontrei, percebi que o futuro não planejava nada melhor.

Nessa época comecei a concluir que todo empresário/empreendedor deveria ser empregado pelo menos uma vez na vida.
"Da ponte pra cá", os acontecimentos são percebidos de uma forma muito diferente do que imaginamos quando somos os donos dos bois.

Devido à fase de transição pela qual minha vida passava e por incompatibilidade de visões, não deu certo.
Creio que jamais conseguirei ser um Robô-Executor-de-Tarefas...

Então depois dessa, caí realmente na lama.
Até que fui reunindo forças e focando no empreendedorismo na web, que era mais fácil, não dependia muito dinheiro e eu tinha acesso aos recursos necessários, ou seja, conhecimento, computador e internet.

O negócio começou a dar seus primeiros passos, mas aí...
Fui chamado para uma entrevista de emprego, sendo que nem sequer havia me candidatado.
Resumindo: Confiaram em meu potencial, vi uma oportunidade de marcar positivamente a história de uma empresa que já tem décadas de história, conheci uma excelente equipe de profissionais e de quebra há um enorme desafio à frente.

Portanto, SOU EMPREGADO.
Mas calma! Isso não me impede de empreender...

Seja você empregado ou empregador, o que importa é se está feliz com o que está fazendo e se está acumulando riqueza.

Abraços!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Prezados leitores, agradeço a todos que comentam no Blog Dinheirologia, me enviam emails e etc. Ao mesmo tempo, peço desculpas por não poder atender a todos. Adoro ajudar, mas infelizmente preciso trabalhar pra sobreviver, ainda e meu novo trabalho vem demandando quase todo o meu tempo.

Como fazer contato com o João?
Para os que não me conhecem, a forma mais fácil de serem respondidos, é pelo Facebook. Me enviem mensagens por lá, pois sempre arrumo um tempinho para responder.


Como NÃO fazer contato com o João?
Emails e comentários no Blog estão chegando como enxurrada e infelizmente, não consigo responder nem 10% das solicitações. Os filosdaputa dos spamers, vendedores de negócios milagrosos na web, encheram o Blog de comentários ridículos, justamente quando fiquei sem tempo para apagá-los, daí um obstáculo para que eu responda os comentários um a um.

MMN e FR Promotra prestam?
MINHA RESPOSTA É NÃO!!! Nenhum que analisei conseguiu provar não ser um esquema de pirâmide até agora.
"Ah! Mas você tem conta na FRPromotora!!!"
Sim, tenho. Tem gente se cadastrando todos os dias e o dinheiro lá vai aumentando. Não divulgo e nem faço nada, pois já disse que o negócio da empresa não presta. Assim que tiver um tempo, tentarei resgatar o dinheiro e informo a vocês.
Se dá pra ganhar dinheiro? Se eles pagarem, dá! Mas só se você entrar no negócio no momento certo, enquanto ainda estiverem construindo a pirâmide. Porém acho que pode ganhar muito mais dinheiro se dedicando a outras coisas e sem se tornar um webchato!


#VemPraRua
Algumas pessoas me perguntaram se eu não falaria nada sobre O Movimento...
Acho louvável o povo brigar e mostrar ao governo e ao mundo que sabemos das falcatruas, mas sempre precisaremos de inteligência nessa luta, daí precisaremos de uma liderança e esta, ganhará poder.
O PODER POLÍTICO-CAPITALISTA É CORRUPTO e todos que o tiverem, por melhor que sejam, pelas melhores intenções que tenham, serão corrompidos.
Mas como disse acho louvável, romântico e histórico.

Anuncie! Tá cheio de gente por aqui!

O Blog Dinheirologia
Estava desenvolvendo um trabalho muito bom com o Blog e tentarei recomeçá-lo, pelo menos postando todas as quartas-feiras, o dia em que eu não treino. kkkkkkkk
Até recusar dinheiro de anunciantes, eu recusei neste período, pois seria uma sacanagem eu aceitar verbas de publicidade sem que estivesse sequer abrindo a página do Blog pra ver como estava tudo.
Agora recomeçarei os trabalhos e portanto, que venham os anunciantes!

É isso!
Estou criando novos posts e publicarei às quartas! Marque em sua agenda!

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Há exatos dois anos teve início a tempestade do século!
Se você não viu, então é porque não estava próximo de mim.
Sim, a tempestade aconteceu em minha vida e não no planeta.

E choveu foi muito viu!

Há dois anos minha vida virava de cabeça pra baixo e fui perdendo tudo que tinha ou que não tinha também.
Desesperei, me deprimi, achei que fosse morrer e por vezes até cheguei a desejar isso. Daí alguém me disse:
- Em dois anos tudo passa! Essa tempestade será apenas uma lembrança ruim.

Agora cá estou eu! Outra pessoa! Bem diferente do que era há dois anos atrás. Acho que cresci mais em dois anos, do que já tinha crescido nos outros 32 anos vividos.
A dor e as perdas te fazem aprender e se adaptar. Como diria o Rocky Balboa, são as porradas da vida!

Demorou muito, mas me levantei. Comecei de novo.
A vida te bate e como somos humanos, teimosos por natureza, insistimos em ficar de pé.
Estou de pé! Me faltam algumas partes (bem grandes) no coração e na alma, mas mesmo assim estou de pé!
Quanto a afirmação que fizeram sobre os dois anos, é mentira purinha! kkkkk
Muitas coisas mudam em dois anos, outras não e algumas, jamais mudarão.
Dói todos os dias, ao acordar, ao adormecer e em flashes eventuais, mas no restante do tempo, você tenta encontrar uma razão pra passar por isso todos os dias.
Se tudo o que eu acreditava na verdade não existia, pode ser que até mesmo as dores, as perdas e toda a tempestade sejam uma grande mentira.

Por quê falamos e prometemos coisas para vida toda, às vezes até pra depois da vida, se tudo muda em dois anos?
Às vezes sofro muito por ter esperado que tudo mudasse nestes dois anos, mas às vezes agradeço por ter acreditado nisso. Sinal de que ainda tenho alma, coração e mentiras pra gastar.

Obs.: Este foi mais um post da série Desabafos do João. SIM! Ainda uso o Blog também como diário e terapia.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Entenda mais sobre SEO e turbine seu site!

Quem não é encontrado não existe!

Essa frase marcou ao ver o material sobre SEO do meu amigo Richard de Jesus

Muitos perguntam sobre como ganhar dinheiro na web, ou como fazer seu site bombar. Digo que isso é fruto de bom conteúdo, um bom sistema de monetização e SEO.


Vejam o slideshow abaixo e aprendam um pouco mais sobre como aparecer na internet através do SEO.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Prezados leitores do Blog, aconteceram coisas repentinamente em minha vida, como de praxe e por isso estou há 3 semanas sem blogar.
Aceitei uma proposta de emprego, mais pelo desafio do que pela proposta financeira, apesar desta ser razoável. Trata-se de um trabalho de gestão em um segmento onde tudo é novidade pra mim, onde poderei aprender muito e construir algo grande!

Aos empreendedores xiitas, saibam que ainda continuo com meus negócios na web e que minha cabeça não para, apesar de que neste momento, preciso ficar totalmente focado neste novo trabalho, para gerar resultados bons, consistentes e rápidos.
O Blog Dinheirologia tem vendido bem e embora eu esteja afastado, os mais de 600 posts continuam a ajudar muita gente!

Dinheirologia
Tomei-o-O!

Tenho muitas coisas para escrever sobre isso, mas meu tempo está curto, pois trabalho o dia todo e o tempo que me sobra, estudo sobre os processos e negócios da empresa.

O assunto que mais tem me esquentado a cabeça com o Blog, nesse tempo que estou offline, são os posts sobre a FR Promotora. São muitos comentários diários, mas quase todos de spamers. Não consigo responder as pessoas que realmente têm dúvidas sobre a empresa. O post tomou proporções enormes e estou devendo escrever outro post, (O segundo já existe!) para responder a alguns bons comentários. Farei isso o quanto antes!
Mas já adianto que ainda sou um Divulgador Ativo na Fr Promotora, pois meus afiliados me geram dinheiro e assim a empresa debita minhas mensalidades desse caixa.

Tentarei voltar no final de semana para escrever este post.

Vida nova, tudo novo! Lá se vão 2 anos de crises, depressões, aprendizado... Algumas coisas que me disseram que mudariam, não mudaram e creio que jamais mudarão, mas tenho que lidar com isso, fazendo as outras darem certo.
Faça a mesma coisa!
As outras estão dando certo...

sexta-feira, 8 de março de 2013

Review do livro Sun Tzu - a Arte do Empreendedorismo

Enfim um livro sobre o Sun Tzu que não é chato!

O mundo sabe da importância do Sun Tzu, a Arte da Guerra, mas por mais útil que seja, pra mim é sempre quase impossível terminar a leitura de um livro sobre o Sun Tzu.

Então me deparei com esse livrinho! Digo livrinho, porque não se parece em nada com aquelas bíblias sobre o Sun Tzu.
Sempre achei que os autores enchiam os livros sobre Sun Tzu com linguiças e frufrus, o que adiava meu conhecimento sobre o assunto e me deixava de saco cheio em menos de 50 páginas.

Me surpreendeu o modo como o autor Gary Gagliardi explicou, ensinou e direcionou a complexa Arte da Guerra, em apenas 117 páginas, no livro "Sun Tzu - a Arte do Empreendedorismo".
O autor foi DIRETO AO PONTO! É disso que tô falando, quando não quero ler sobre como brilhava o céu no antigo Japão e como era forte o cheiro de pólvora vindo das entranhas dilaceradas etc. e tals!

O livro passa por 13 capítulos, te transformando numa esponja, já que é bem didático e quando para pra perceber, conseguiu encerrar sua leitura em um único dia. O autor direciona toda a estratégia de Sun Tzu para o empreendedorismo e como empreendedores gastam mais tempo fazendo do que lendo, este é o livro certo para aprenderem sobre o Sun Tzu.

Minha nota não será tão alta, pois apesar de ser um conhecimento essencial para empresários, empreendedores, administradores, vendedores e outros, eu, particularmente, já me cansei do assunto. Porém, pra quem quer aprender sobre Sun Tzu, sem ter que ler aqueles livros extremamente chatos, essa é minha indicação.

Dinheirologia


Livro: Sun Tzu - a Arte do Empreendedorismo
Autor: Gary Gagliardi
Nota Dinheirologia: 7


Clique na Imagem e compre este livro na Saraiva! Bom, curto e barato!

quarta-feira, 6 de março de 2013

Hoje o mercado supermercadista vem mudando cada dia mais, com uma variedade sem igual, os supermercados já estão começando a entrar no ramo da tecnologia, com a venda online. Buscando aliar conforto e comodidade aos seus clientes o supermercado Santa Helena em Sete Lagoas (MG) esta apostando nesse modelo de negocio, para atrair clientes que não desejam mais enfrentar corredores lotados e filas nos caixas.

As vendas pela internet têm aumentado vertiginosamente nos últimos anos, o crescimento do E-commerce, fez com que os supermercados apostassem nessa jogada e conseqüentemente aumentasse seu faturamento, no caso do supermercado Santa Helena não foi diferente de acordo com a revista gôndola o Santa Helena já tem 20% do faturamento de uma loja de 1,6 mil metros quadrados e 14 checkouts, vindo de vendas online.

Outro ponto que podemos destacar nesse modelo de negocio é que comparando loja física e loja virtual é totalmente diferente, os custos de uma loja virtual são menores, pois investimentos em comunicação visual, gastos com equipamentos refrigerados e bem inferior ao de uma loja física.

O supermercado Santa Helena vende hoje, desde TV digital até sorvete, o importante nessas horas é não frustrar o cliente, um bom planejamento de entregas pode ser o segredo do sucesso desta novidade, além de contar com a tecnologia que permita uma comunicação rápida, eficaz e segura a confiabilidade nesse modelo de vendas tem ser aliado a uma gestão de estoques bem segura. Rupturas não podem acontecer no estoque online “Se o cliente está na loja, ele pode escolher outro produto, mas no site ele não tem como fazer isso”

Dinheirologia


As vantagens de atuar nesse modelo de negocio é a fidelidade do cliente, inadimplência zero (pagamento certo) com isso aumentando o ticket médio. Hoje em Minas Gerais, alguns supermercados já tentaram expandir suas redes através da venda online, alguns não conseguiram mais no caso do supermercado Santa Helena esta funcionando, de acordo com a opinião do diretor do VIP Fácil, site que os clientes efetuam as compras o serviço de venda pela internet ainda enfrenta alguns obstáculos; e ainda a logística que ainda não garante uma entrega mais rápida do que se o cliente fosse à loja.

Entenda o ciclo do pedido online:

Dinheirologia


Importante destacar que os pedidos geralmente são entregues de um dia para o outro, exemplo: Pedidos de segunda feira são entregues na terça feira, para evitar que os produtos sejam avariados ou perdidos, existe uma sala preparada para armazenamento dos pedidos, onde os perecíveis são colocados em câmaras frias, pedidos liberados e conferidos, hora da entrega.

A entrega é realizada em vans que possuem a taxa de entrega 15 reais, um valor razoável a quem deseja ter uma comodidade de comprar, sem sair de casa e receber o produto na porta.
Com a visão do mercado tecnológico e supermercadista em grande expansão devemos sempre buscar novas soluções e buscar apoiar essas inovações que o mercado oferece, ferramentas como essa ajudam muito no processo de crescimento de negocio por fim, espero que outros supermercados da região metropolitana de Belo Horizonte observem essa ideia e coloquem em pratica, pois nós consultores devemos estar preparados para novos desafios no ramo supermercadista.

Guest Post de Setas Logística.

segunda-feira, 4 de março de 2013

O que as pessoas que vivem de negócios online estão fazendo?

Como conseguir estabelecer um negócio online lucrativo e de sucesso?

Onde está esse dinheiro todo que as pessoas dizem que ganham na internet?

Se você é um blogueiro ou webmaster interessado em estabelecer um verdadeiro negócio virtual e trabalhar só pela internet, com certeza já parou por um momento para pensar ou até pesquisar sobre como ganhar dinheiro online. O que as pessoas que vivem disso estão fazendo? Como conseguir estabelecer um negócio online lucrativo e de sucesso? Mais ainda, onde está esse dinheiro todo que as pessoas dizem que ganham na internet?
Dinheirologia


O grande mar de dinheiro que está na internet é o seu público. O público da internet é muito valioso. Quem souber olhar para esse público, entender o que querem e entregar a ele, vai ganhar muito dinheiro sim.

Isso acontece porque a audiência da internet tem vantagens sobre a maioria do público-alvo de todas as outras mídias. Essa audiência é:
• Massificada: o Facebook possui quase um bilhão de usuários e o Google é responsável por x mil buscas por minuto. E isso são dados de dois sites presentes na rede. Tem muita gente na internet sim, seja qual for o nicho que se pretenda atacar, pois, ao mesmo tempo esse público é
• Segmentável: apesar da massificação, do grande volume de pessoas presente na rede, é possível segmentá-las por interesses bem distintos, eliminando barreiras demográficas, dando mais força para grupos específicos de consumo. Você pode montar uma loja virtual unicamente com itens relacionados ao filme Guerra nas Estrelas e, ainda assim, trabalhando um nicho bem peculiar de consumidores, atender o mundo todo. E rastreando seu comportamento, pois outra característica dessa audiência é ser
• Mensurável: é possível acompanhar praticamente todo o comportamento de um usuário da internet, desde a exibição de um anúncio até a realização da compra. Assim fica mais seguro e fácil medir a eficácia de uma campanha publicitário, controlando melhor o seu retorno de investimento, um problema que há muito atrapalhava a vida dos marketeiros. Mais do que isso, os anúncios agora trazem as pessoas diretamente para dentro das lojas, o que faz desse público mais
• Acessível: é possível concretizar todo o processo de compra pela internet, sem que a pessoa precise sequer se mexer. Ou seja, isso muda toda a comunicação que deve ser feita com esse público, pois ele pode produzir resultados econômicos instantaneamente.

Dinheirologia


Saber utilizar o máximo de cada um desses fatores é fundamental para uma campanha bem sucedida na internet, seja você uma multinacional renomada ou um pequeno empreendedor online. É assim que esses pequenos empreendedores conseguem realmente ganhar dinheiro na internet; encontram demandas que normalmente não seriam segmentadas da maneira que a internet permite (como o grande grupo que procura soluções para frieiras nos pés, por exemplo), encontra uma oferta que supra essa necessidade (uma farmácia que cria um programa de afiliados com comissões interessantes) e prepara o conteúdo para essa audiência, já com a solução nas mãos.

Pessoas do mundo todo procuram soluções para os mais diversos e inusitados problemas. Ter sucesso e ganhar dinheiro na internet é só uma questão de entender esses problemas, alcançar essas pessoas e apresentar a solução.


Este foi um Guest Post do convidado Henrique Fogli.
Henrique Fogli é escritor e empreendedor online desde antes de ser careca. No seu mais novo site - Blog-in Mídia - ele busca ajudar curiosos a se aventurarem na internet, ensinando-os como criar um blog e começar sua carreira em casa.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Você usa esse esteróide anabolizante em seu negócio?

A Alavancagem é uma estratégia para crescer mais rápido, mas pode te liquidar mais rápido também

Quando usar e quando não usar esta estratégia? Você sabe quais negócios devem ter um crescimento natural e quais podem usar essas injeções?

Há alguns meses atrás eu deixava um negócio que não deu certo devido a alavancagem pra trás e iniciava um novinho, ainda com algumas dívidas do antigo para serem renegociadas, mas começando do zero, sem alavancagem.
A estratégia era utilizar o mesmo modelo de negócios base do antigo negócio, com alguns upgrades que dariam uma força à lucratividade e ser absolutamente adepto do bootstrapping.

Infelizmente, por motivos pessoais, abandonei o negócio e consequentemente os projetos.
Como foi um afastamento com motivações pessoais e passionais, não fiz questão de deixar meus projetos para usufruto de meus inquisidores. Enfim, coisas pessoais...

Dinheirologia
Não é a justiça e nem Deus. Só o tempo mostra a verdade.

Porém, pelo negócio, rezo para os responsáveis leiam este post, pois estão fazendo tudo errado novamente...

Quando alavancar?
A alavancagem realmente é um acelerador de crescimento.
Se seu negócio transforma 100 reais em 150 mensalmente e tem certeza de que consegue controlar este índice, imagina quanto ele cresceria se tivesse 10 mil reais, para serem transformados em 15 mil...
Essa é a mágica da alavancagem!
Porém a mágica não se baseia na multiplicação do lucro ou na potencialização do crescimento e sim, no controle da lucratividade.

Pense bem...
Se seu negócio tem um custo variável alto, ou seja, o custo que sobe juntamente com as vendas, ele crescerá na proporção dos 10 mil, sendo que seu custo fixo também aumentará, pois terá uma dívida pra pagar sobre estes 10 mil. E claro, um negócio tão maior precisará de investimentos em marketing, vendas, logística, produção e administração, o que reduz sua lucratividade. Quanto maior o negócio, maior a estrutura necessária para mantê-lo.

Quando NÃO alavancar?
Você não deve alavancar quando seu negócio tiver uma lucratividade baixa, o que dificultaria a gestão entre os dois fatores, o tamanho da alavancagem e o pequeno lucro.
NÀO CONFUNDA LUCRATIVIDADE OU LUCRO, COM MARGEM.
O negócio que citei acima, trabalhava com margens de 30 a 40% sobre a receita e mesmo assim tinha uma lucratividade que variava entre 4 e 7%.

Mesmo que você seja um excelente gestor, não se consegue trabalhar por muito tempo ali no fio da navalha! Quem já administrou qualquer tipo de negócio sabe... SHIT HAPPENS!

Portanto, se seu negócio tem uma lucratividade baixa, NÃO ALAVANQUE! Mesmo que isso atrase seu crescimento.
Agora, se é bom o bastante para revolucionar o negócio e transformar essa lucratividade, bora caçar sua alavanca!

Dinheirologia
Atenção!
Repitam comigo em voz alta:
PRIMEIRO FAZER A LUCRATIVIDADE CRESCER, PRA DEPOIS PENSAR EM FAZER O NEGÓCIO CRESCER POR VIA DE ALAVANCAGEM.

Bom trabalho e façam o dever de casa!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

A FR Promotora é uma empresa correta?

Vale a pena investir tempo e dinheiro na FR Promotora

Enfim escreverei aqui sobre minha conclusão sobre a empresa FR Promotora

Primeiramente quero lembrar a todos, que meu interesse aqui não é divulgar a empresa e muito menos os spamers modafocas que enchem os comentários de anúncios.
Como descrevi no primeiro post sobre minha investigação da empresa FR Promotora, me cadastrei como divulgador ativo da empresa e queria que outras pessoas se cadastrassem comigo, para ajudarem na experiência, pois se ninguém se cadastrasse, eu não teria dinheiro a receber e não saberia se a empresa honraria seus compromissos comigo.

Ao todo, cadastraram-se 4 divulgadores ativos em minha rede e outros inativos, que em nada contribuem para a pesquisa.

Dinheirologia
Pau!
O escritório virtual fornecido pela empresa é bem singelo, mas contem as informações necessárias para cuidar de sua rede e verificar a parte financeira de seu negócio.

Mas qual negócio?!
Eis então o que me fez reprovar a FR Promotora...

Pensei que após me cadastrar como divulgador ativo, receberia ferramentas e demais incentivos para divulgar os serviços da empresa, ganhando assim boas comissões e motivando os demais divulgadores da minha rede a fazerem o mesmo.
Porém o verdadeiro negócio da empresa é mesmo a divulgação do MMN, ou seja, divulgação de cadastros. É nisso que eles focam e quem entende um pouquinho de MMN sabe que o caminho deve ser focar primeiro na divulgação de produtos/serviços da empresa e depois pensar em ampliar a rede de divulgadores.

Sistema de Marketing Multinível que não foca em vender produtos e/ou serviços não presta! Pode vir um monte de spamers aqui defender a empresa, que minha reprovação continuará!
Pensei que após me cadastrar como divulgador ativo, pagando minha mensalidade, a empresa me daria o suporte necessário para vender seus serviços, mas invés disso, você tem que explorar por todo o site da empresa até achar um pequeno espaço destinado aos serviços oferecidos pela mesma.
Com certeza, por melhor vendedor que eu seja, raríssimas pessoas comprarão um serviço desses, olhando um site daqueles.
EU NÃO COMPRARIA! JAMAIS!

Dinheirologia

Portanto se é quase impossível vender seus serviços, não é um sistema de MMN que se preze, pois ele é sustentado apenas pela encheção de saco que é a indicação de novos divulgadores. Por isso existem tantos spamers!
E sinceramente, se você tem coragem pra atuar como esses chatos que insistem em empurrar algo em você, que você não quer, vá vender Herbalife, pois é até (um pouco) menos chato, auxilia a saúde das pessoas e ainda consegue apurar uma grana maior e mais perene que na FR promotora.

Se a empresa paga? Parece que sim!

Enfim, é isso!
Vejo muitos spamers falando da Polishop né?!... Dei pau também! O motivo, conto no próximo post...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

A Arte do Começo, livro de Guy Kawasaki

Um livro que ensina a parar de ficar só aprendendo e a fazer alguma coisa!

Apontado como um dos responsáveis pelo sucesso do Macintosh, Guy Kawasaki escreve a teoria da prática.

A Arte do Começo, foi indicado por um grande amigo e logo em minhas primeiras pesquisas, pensei que fosse um livro de negócios, mas muito voltado aos negócios no ramo da tecnologia. Daí comecei a ler e comprovei isso! kkkk
Mas não era exatamente como eu pensava.

O cara só mexeu com tecnologia, em toda a sua vida, portanto nada mais justo que aplicar estes exemplos no livro, já que a ideia do livro é falar sobre prática.
Mesmo com exemplos cheios de tecnologia, o livro faria um bem enorme e poderia funcionar como um manual sobre Como Iniciar Negócios, até mesmo para aquele vendedor de hotdogs da esquina.

A forma pessoal e bem humorada como o autor escreve, faz a leitura ficar bem mais fácil e sua didática nos dá a impressão de não estarmos lendo um livro e sim de estarmos em meio a um treinamento para empreendedores.

Claro que o livro não compreende toda a complexidade do início de uma startup, mas são 227 páginas práticas e isso muito me atrai. Gosto que o autor vá direto ao ponto. Se quisesse suspense e frufrus, leria um romance. E nisso, Guy Kawasaki é muito bom! Seu livro é objetivo e prático, como todos os livros da área deveriam ser.

Se você é um empreendedor, este livro não pode faltar em sua biblioteca.

Dinheirologia

Livro: A Arte do Começo
Autor: Guy Kawasaki
Nota Dinheirologia: 9


Clique na Imagem e compre este livro na Saraiva! Pare de planejar e comece já!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Quando falamos de frota, lá vem a terrível dúvida...

Qual é o fator decisivo para escolher entre frota própria ou frota terceirizada? Qual a hora de saber se estamos gastando mais entre um modelo e outro?

Perguntas que dificilmente podem ser respondida com exatidão; os números pesquisados de acordo com a ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores dizem que metade dos atacados a nível Brasil está optando por um modelo de frota própria enquanto a outra metade fica com a utilização da frota terceirizada.

Pensando nas vantagens e desvantagens de cada modelo, depende muito da operação a ser realizada, alguns atacados preferem ter sua frota 100% própria, enquanto outros terceirizam algumas regiões ou zonas de entrega, depende da necessidade e também do nível de serviço que podemos oferecer até o consumidor final.

Dinheirologia
Minha frota é motivo de orgulho pra empresa, desde 197...
Caminhando na ideia de obter uma frota própria, atacados distribuidores pressupõe que a operação pode ficar mais barata podendo se enganar quando analisarmos os custos efetivos dessa frota.
Na verdade o que estamos vendo é que não existe uma frota 100% própria explica a revista distribuição. A empresa pode ter a maior parte de carros próprios, mas sempre completará a operação com frota de terceiros, dependendo do volume de entregas que ela tenha a realizar no período.

Pensando por esse ponto, é a pura verdade, mas existem aqueles que preferem adquirir mais caminhões, contratar mais motoristas, para realizar as entregas, sendo fiel ao modelo próprio na tentativa de manter seu nível de serviço e garantindo a pontualidade na entrega. Na contramão dessa situação encontramos diversas saídas como a terceirização total ou parcial ou até mesmo contratando agregados ou autônomos de qualidade.

Tudo tem que ser bem analisado pelo o gerente de logística da empresa, folha de pagamento do transporte, custo da frota, tempo de entrega, quantos caminhões e pessoas envolvidos na operação de transporte, KM rodado no mês, tudo isso pode ser uma informação vital para a escolha entre frota própria ou terceira.

Veja algumas diferenças

FROTA PRÓPRIA
• Manutenção dos veículos
• Salário dos Motoristas e Encargos
• Seguros
• Licenças/impostos
• Maior agilidade nas tomadas de decisão

FROTA TERCEIRIZADA
• Enxugamento da estrutura
• Equipe e ativos agregados
• Custos preestabelecidos
• Negociação e contratação de fretes
• Menor autonomia

Algumas empresas enxergam a terceirização como redução nos custos logísticos ou até mesmo se julgam não serem competentes para administrar esta parte logística, mas vale lembrar que 25% dos custos logísticos estão ligados diretamente a área de transporte.

Definir a estrategia melhor para o transporte, pode representar muito na hora de atender o cliente final, um exemplo disso é o caso do frete retorno, que por muitas vezes quando temos uma frota própria, pode significar e muito no custo da entrega, caminhão que vai cheio e volta vazio encarece lá no final, no cliente contratante e isso é péssimo quando falamos de repassar esses custos. Empresas de atacado estão buscando incessantemente o frete retorno, onde podem (quem sabe) gerar uma receita significativa para a operação.
Analisando mais um pouco sobre a frota terceirizada, podemos dizer que a dor de cabeça pode ser menor, quanto a questões administrativas e burocráticas, mas será que estou atendendo realmente com o nível de serviço que a empresa merece?

Muito importante saber o que você vai entregar e pra quem.
Por isso, logisticamente falando não tem melhor ou pior. Já cara ou barata, existe sim!
Planejamento nessas horas vale muito na hora de saber quando, como e onde vou terceirizar meu transporte, saber quais tipos de veículos próprios posso trabalhar ou terceiro, são decisões que vão afetar diretamente o processo logistico e devem ser analisadas no médio ao longo prazo.

Tudo depende do QUE (produtos e serviços chegando lá de qual forma) quer entregar ao cliente.

Guest Post de Setas Logística.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Você acredita que é o melhor em alguma coisa?

Você acredita que existe alguém que seja O Melhor em algo?

Só é aceitável responder com um "Sim", uma das duas perguntas acima. Para qual delas você respondeu "sim"?

No último sábado rolou o UFC 156 e apesar de assistir a todos os UFC's desde 199..., neste eu aguardava uma luta em especial. A luta entre o todo poderoso Alistair Overeem e o humilde paraibano, Antônio Pezão.

Dinheirologia
Mr. Todo Poderoso! Sou foda!
Poxa, mas o que diabos isso tem haver com o Blog Dinheirologia?!?
Calma. Ainda chego lá!

Alistair Overeem é um atleta que já conseguiu alguns títulos expressivos (A maioria em eventos sem controle antidoping) no mundo do MMA. Porém, a cada vitória, mais sua soberba foi tomando conta de sua mente. O Ego, um de nossos maiores inimigos, suprimiu qualquer restinho de humildade que existia ali.

Isso acontece com muitas pessoas, após algumas vitórias sucessivas. Você tem a ilusão de ser um "fora de série", de ser o melhor em algo, ou ainda, de ser insuperável. Sua autoestima extrapola os linites e você se transforma em um Megalomaníaco. Acha que o universo se move ao seu comando e se acha importante neste mesmo universo, sendo que na verdade é apenas mais um grãozinho insignificante que passará por aqui.

Claro, alguns conseguem a glória de terem seus nomes lembrados pela história. Mas estes, não deixam que o ego sobreponha seu desenvolvimento. Sempre pensam em como melhorarem.
"O megalomaníaco difere do narcisista pelo facto de que pretende ser poderoso ao invés de charmoso; temido ao invés de amado. A este tipo de pessoas pertencem muitos lunáticos mas também grandes homens da História." - Bertrand Russell

O ego é como o nosso lado negro. Precisamos dele, mas não podemos alimentá-lo demais.
E quando estamos no Megalomaniac Mode, nós mesmos fechamos as portas para aprender ou ouvir qualquer outra coisa.

A vida exige um controle apurado de nosso ego, embora várias publicações atribuem características megalomaníacas a grandes nomes da história, sei por experiência própria que a soberba gerada por este transtorno, pode te levar à lona!

Dinheirologia
Mr. Onquieutô! Vovô, é você?!...
A dica é dosar. Mantenha sua autoestima sempre elevada, pois a humildade também não pode ser absoluta dentro de você, mas tome cuidado com seu ego, essa voz aí em sua cabeça fingindo ser você. Tome cuidado com o que ele diz.
Deseje ser grande, mas não se considere grande.

No mais, adorei ver essa montanha de músculos de laboratório, marra e soberba (Alistair Overeem), cair! E caiu como cai qualquer um que segue por esse caminho, pois em algum lugar nesse universo, tem alguém do seu nível, treinando mais, pois acha que ainda falta muito pra ser grande.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

O Guia de Investimentos - Livro de Robert T. Kiyosaki

Em minha opinião, o livro mais completo do famoso guru dos investimentos.

Este livro veio continuar o sucesso de seus antecessores "Pai Rico, Pai Pobre" e "Independência Financeira". Faz isso com primor!

Li esse livro em 2007. Lá se vão curtos e intensos 6 anos...
Numa releitura rápida pra escrever este post, me peguei tendo os mesmos sentimentos daquela época, numa escala menor, pois o que está escrito ali já não é novidade pra mim e talvez algumas coisas também não sejam novidades para quem já leu "Pai Rico, Pai Pobre" e "Independência Financeira", mas o autor consegue sempre agregar mais e de maneira tão sutil, que vai te empolgando a cada página.

O autor volta com sua didática magnífica, responsável por seu sucesso. Faz tudo parecer possível, aplicando conceitos de investimentos, boas referências e de quebra, contando uma historinha.
Robert Kyiosaki é foda em ensinar e motivar mesmo e com certeza, este é seu livro mais completo.

Pra você que está começando a trilhar o tortuoso e enigmático caminho dos investimentos, este livro é como uma Bíblia, é um Guia mesmo, vai dizendo o que há atrás da curva e entre as árvores, passo-a-passo.

Quero expor duas passagens marcantes para mim neste livro:
- Pense mais em termos de comprar tempo do que poupar tempo.
No momento em que você começar a pensar que o tempo é valioso e que tem um preço, mais rico você ficará.
Em outra passagem faz referência às pessoas que não acreditam nos conceitos, princípios e regras que a vida como investidor traz. No caso do autor, faz referência ao seu pai e no meu caso também...
Finalmente, resolvi deixá-lo viver sua vida e tentar me concentrar em viver a minha. Se ele quisesse falar de dinheiro, tudo bem, mas não procuraria ajudá-lo se ele não pedisse ajuda.
Triste isso, mas devemos ser frios, cortar as amarras e seguir nosso caminho.

Enfim, se você tá começando, COMPRE! Já se você já começou, COMPRE também, pra voltar a ter aquele fogo inicial que te move na velocidade de um jato rumo à riqueza.

Dinheirologia

Livro: O Guia dos Investimentos
Autor: Robert T. Kiyosaki e Sharon L. Lechter
Nota Dinheirologia: 10


Clique na Imagem e compre este livro na Saraiva! Não é tão barato, mas vale cada centavo INVESTIDO!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

A Logística e gerenciamento da Cadeia de Distribuição é item fundamental de estudo para qualquer empreendedor

E ontem o Blog Dinheirologia fechou uma parceria nessa área que ajudará todos os empreendedores que passarem por aqui

Independente de qual seja seu negócio, ou seu futuro negócio, precisará ter embasamento em logística.

Trabalhei 20 anos em negócios que dependiam profundamente dessa área e até hoje sigo aprendendo.
Fechei essa parceria depois que vi o quanto esses caras, da Setas Consultoria em Logística, me acrescentaram em uma única reunião. E vejam que mexi na área por 20 (fucking!) years!!!
Imagina o quanto eles poderão acrescentar pra vocês que ainda não têm muito conhecimento e/ou experiência na área.

Sugiro aos leitores do Blog que já vão procurando informações sobre logística, pois teremos em breve uma avalanche de informações, planilhas, mapas e demais ferramentas, para que faça sua empresa voar leve sobre a concorrência.

Dinheirologia
Depois que voar, é só metralhar! kkkk

Logística não é apenas armazenar e transportar mercadorias. A logística, além de cortar custos, otimizar processos e gerar lucros, pode também gerar receita! Isso mesmo!
E eu só fui descobrir isso ontem... Triste!

Lembrem-se: Cada dia contém 24h para que você aprenda algo novo e faça diferente dos demais. Essas horas passam numa velocidade tremenda e amanhã, você já terá perdido 24h.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

É fácil ganhar dinheiro com a internet?

Ao contrário do que muitos pensam, não é assim tão fácil.

Embora hajam diversas promessas pela web com o mesmo título deste post, tentarei escrever algo mais com a minha cara!

Já acessei centenas de sites que tentam ensinar como ganhar dinheiro pela internet, ou pior, mostram uma "fórmula infalível" de ganhar dinheiro pela internet.
Muitos querem e poucos conseguem, mas existem os que conseguem, portanto há uma esperança.

Nesta primeira parte dessa série, abordarei os Blogs...
Para monetizar um Blog, você precisará de um bom conteúdo, uma estrutura não-amadora, um domínio próprio, links afiliados, banners patrocinados, venda de produtos e divulgação.

Dinheirologia
O papo de hoje é sobre dinheiro e Blogs!

Bom Conteúdo
Embora alguns Blogs sejam construídos unicamente para gerar dinheiro, eu prefiro fazer algo que gosto, ou seja, escrever sobre algo que gosto. Porém, deverá saber quantas pessoas na web podem se interessar pelo que você gosta. É uma pesquisa de mercado, com você dimensionando o potencial de seu público-alvo.
Alguns autores escolhem seu nicho pelo potencial deste público e então publicam o conteúdo destinado a este público. Financeiramente, esta é a forma mais inteligente de publicar conteúdo na web.
Porém pra mim, é como se eu soubesse cantar e escolhesse cantar funk, por ser mais rentável. Se bem que quem canta funk não precisa saber cantar né?!...
O principal é suprir uma necessidade dos internautas, se possível, de uma maneira diferente dos demais.

Uma Estrutura não-amadora
Não adianta dizer que escreveu um livro, pelo qual poderia um Prêmio Pulitzer, mas deixá-lo apenas no rascunho. Tem que colocá-lo numa bela capa, com estrutura profissional e ainda colocá-lo em uma boa editora. Só assim ele será comercial e aparecerá em destaque para ganhar o Pulitzer.
Você só precisará acessar ESTE SITE e escolher um template que tenha haver com seu conteúdo. Daí quebra a cabeça um bocado com o tal do HTML e pronto!
Não é tão simples, pois essa parte de personalizar o HTML é foda pra gente que como eu, não entende bulufas disso, mas o resultado é ótimo!

Seu Domínio Próprio
Poxa cara! Você vai abrir um negócio e não terá um nome próprio pra ele!? Este passo é bem simples e por uma mixaria danada, você terá seu domínio próprio.
Pode optar fazer pelo Registro.br, pelo GoDaddy, dentre outros.

Links Afiliados
Aqui começa a parte financeira da coisa! Existem dezenas de plataformas de afiliados pela web, porém como podem ver em meus blogs, uso o Adsense do Google, o Hotwords, o Mercado Livre e o Lomadee.
Em algumas campanhas você ganha por cada vez que um usuário clica e em outras, quando este usuário entra no site do patrocinador e compra alguma coisa.
O problema é confiar nos relatórios deles, mas é a única opção, portanto...
Destes, o que mais vem rendendo pra mim atualmente, é o Hotwords e o Mercado Livre.

Banners Patrocinados
Embora os links afiliados venham em sua maioria em formato de banners, neste tópico quero falar sobre banners, ou espaços em seu Blog que será destinado a empresas que queiram aparecer nele.
Aqui é um trabalho mais "braçal" mesmo. Você pega os relatórios do seu Blog, apresenta a uma empresa com o mesmo público-alvo de seu Blog e cobra por espaços publicitários. As empresas costumam olhar 3 coisas: O conteúdo, o número de visitas e a lista de emails cadastrados.
Até hoje não investi nessa tal lista de emails! E isso é muito valioso, talvez o Ativo mais valioso do Blog. O lance é que nessa parte começará a ter que investir dinheiro, para ter um bom sistema de email marketing, é preciso investir uma grana. Dizem que o melhor é o Aweber e é lá que vou entrar, mas não sei se é a hora.
Só não vale encher a caixa de emails de seu leitor assinante, com coisas sem importância nenhuma para o mesmo. Penso em enviar dois emails semanais aos assinantes com conteúdo exclusivo.
Enfim, conseguindo patrocínio direto com uma empresa, poderá ganhar bem mais do que com os programas de afiliados.

Venda de produtos
Sim, você pode vender produtos pelo seu Blog! Mas por favor, venda apenas produtos que tenham haver com seu conteúdo e que de preferência já tenha testado a qualidade dos mesmos, senão corre o risco de perder credibilidade com seus leitores.
Você pode vender um produto próprio, bastando apenas ter o produto disponível e criar uma conta como vendedor em um site de pagamentos online, como o PagSeguro e adicionar um botão de compras em sua página. Bem simples, mas não se iluda! Precisará ainda vender seu produto. Pra isso precisará de uma boa página de vendas e divulgação...
Se não tem um produto, basta afiliar-se ao Hotmart e vender produtos de outras pessoas que tenham haver com seu conteúdo. As comissões por lá costumam a ser bem convidativas.

Divulgação
Essa é a parte mais chata do processo! Existem bilhões de pessoas no mundo que não sabem da existência do seu Blog, mesmo que este poderia ajudá-las bastante em suas vidas. Você tem que dar um jeito de chegar até elas!
Só conseguirá fazer isso com a divulgação do mesmo.
Como no início deste Blog, ele era um espaço fechado, apenas para manter meus registros e repassar o que aprendia aos amigos que solicitavam, custei a me "antenar" pra essa parte primordial de um Blog.
Atualmente divulgo em Fóruns com o tema do Blog, Redes Sociais, blogs parceiros e sites agregadores de links, como o Colmeia, Ocioso e Dihitt.
A divulgação é um passo primordial do processo, pois é dela que virá seu crescimento em visitas e assinantes, que são fundamentais para monetizar seu blog.


Bônus Track
A parte de downloads aqui do Blog é bem acessada, daí descobri um jeito de monetizar isso. Quando você clica pra fazer algum download, abre uma página do AdF.ly, onde o leitor aguarda 5 segundos e "foge" da propaganda, pra cair direto na página de downloads do Hotfile, onde eu também ganho alguns centavos de dólar.
Ganho nos dois sites, só pelo leitor fazer um único download. Sem contar que com o AdF.ly, posso ganhar também divulgando links em Redes Sociais.

Bem, a base para monetizar seu Blog é essa. Claro que existem inúmeras variações, mas comece pelo mais simples e de acordo com o ganho de visitas, vá incrementando.

Mas um blog é apenas uma das formas de se ganhar dinheiro pela internet. Tenho outras que venho fazendo e monetizando, as quais contarei nos próximos capítulos da série.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

À Procura da Felicidade, de Chris Gardner

Você já deve ter visto filme estrelado por Will Smith, baseado neste livro.

Como de praxe, o livro é bem melhor que o filme e veja que o filme não é ruim hein!

Como sou obsessivo-compulsivo por livrarias, em um de meus passeios encontrei este humilde livro, de produção mediana, capa que insinua que seja mais um livro de autoajuda, mas já sabendo da história do cara, não hesitei e até me empolguei muito ao levá-lo pra casa.

Li suas 314 páginas em 2 dias e ao fechá-lo, percebi que acabara de ler um dos melhores livros que já li! E que não me venham os cults encher o saco! Eu realmente coloco este livro em meu Top 5.

Sim, mas é uma questão pessoal. Nunca me identifiquei tanto com um personagem, como com Chris Gardner. Sua personalidade, princípios, questionamentos... é... principalmente seus questionamentos, incertezas e confusões.

Enfim, o livro conta tudo o que está no filme, mas com riqueza em detalhes. Mostra quem foi e quem é aquele cara que inspirou tantas pessoas no filme a dormirem pensando em seus triunfos que jamais virão, pois no dia seguinte levantam da cama e só fazem mais do mesmo.

Se você se emocionou com o filme, se emocionará muito mais com o livro, pois outra característica que me identifiquei com Chris Gardner, é que o mesmo é um cara apaixonado, faz tudo com muita paixão envolvida e assim como um cão, quando pega um osso, não o solta por nada.

Se não leu, compre! Sério! COMPRE! Leia!

Dinheirologia


Livro: À Procura da Felicidade
Autor: Chris Gardner
Nota Dinheirologia: 10


Clique na Imagem e compre este livro na Saraiva! Tá barato!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Prefere colocar todos os ovos na mesma cesta, ou diversifica?

A maioria dos gurus dizem para você diversificar. Será o melhor pra você?

Esse lance de cestas e ovos é um assunto polêmico no mundo dos investimentos, mas o melhor a fazer é seguir o seu plano e não o dos outros.

Mas antes que defina seu plano, deixa eu tentar ajudar um pouquinho.
O conceito dos ovos na cesta é bem simples de explicar, mas complicado de fazer e por isso contarei um pouquinho das minhas experiências por aqui.
Já falei sobre o livro do Henrique aqui que é o melhor que já li sobre o assunto, o Alocação de Ativos, mas tentarei dar a minha humilde opinião também.
Dinheirologia
Este é um post sobre ovos, galinhas e bagos!

Funciona assim...

Diversificação, ou dividir os ovos em várias cestas, corresponde a risco menores, mas a rentabilidade menor também, pois a rentabilidade virá da média entre perdas e ganhos de suas diversas cestas.

Foco, ou colocar todos os ovos em apenas uma cesta, corresponde a um baita risco, mas também a uma probabilidade maior de conseguir uma rentabilidade mais alta.

O mestre do universo Warren Buffett proferiu uma citação ótima sobre o assunto:
"Diversificação é uma proteção contra a ignorância e não faz muito sentido para aqueles que sabem o que estão fazendo".

Digamos que em meus investimentos no Mercado Financeiro, sempre fui focado. Nunca entrei nessa de dividir os ovos e mantive um índice de acertos maior que minha real competência no mercado.
Porém existe um detalhe que separa os homens dos meninos. Uma coisa é você abraçar os riscos, almejando ganhos maiores, quando ainda tem pouca grana pra investir. Quero ver fazer isso quando estiver movimentando 7 dígitos.

Quem está começando TEM que correr maiores riscos mesmo! Antes pingar do que secar?!? Uma ova! Se você quer ter sua cachoeira particular, terá que correr o risco de passar por períodos de seca. Exceto se você tem 12 anos e é um modafoca de um moleque superdotado e esperto.

Vai continuar com esse papo de goteira aí?!
Na área do empreendedorismo também fui sempre assim...
Porém hoje em dia vejo que errei. Quando o assunto é empreendedorismo, a coisa muda de figura. Sim, pois qualquer que seja a empresa que queira ter, esta deverá te render entre 2 a 11% ao mês (normal), claro, se você tiver conhecimento, sabedoria e expertise pra saber o que está fazendo.

Sendo assim, como a rentabilidade é alta, poderá cobrir o valor investido mais rapidamente, comparado ao mercado financeiro e portanto o prazo em que estará exposto ao risco é menor. Neste caso, quanto mais diversificar, melhor, pois terá bons rendimentos vindos de todos os lados, diminuindo ainda mais os riscos e como as rentabilidades são altas, a média entre perdas e ganhos também será alta.

Bom, isso vale pra mim, pois consigo fazer o dinheiro render mais em um negócio, do que no Mercado Financeiro. Se você é foda no Mercado Financeiro, basta inverter minha teoria.

Lembre-se: "Por maior que seja o talento ou esforço, algumas coisas exigem tempo: não dá para produzir um bebê em um mês engravidando nove mulheres".

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Apenas 5 dicas para saber sem rodeios como investir seu dinheiro!

Muito material sobre o assunto, mas ninguém abre seus olhos para enxergar a base.

Pra fazer qualquer tipo de investimento, é necessário ter uma base que dê segurança ao investidor e tentarei abrir seus olhos para ela aqui.

Serei curto (no que for possível) e direto neste post. Fui indagado sobre o motivo de haver tanto material sobre investimentos na web, mas nenhum que realmente acenda uma lâmpada na mente da pessoa comum, que nunca investiu sequer um centavo.
Então decidi escrever um post em formato de lista, pois de acordo com os emails e feedbacks, mostrou-se uma forma mais didática.

Bem, vamos lá! Como espremer isso tudo em apenas 5 dicas?...
Dinheirologia
Aperta que cabe...

Dica 1: Aniquile todas as suas dívidas!
Não adianta falarmos de investimentos, onde as metas iniciais de retornos giram por volta de 1% ao mês, sendo que você paga uma taxa arrancauzói de 2,5% ao mês, daquela porcaria de carro que te consome 10 mil por ano e você nem se dá conta disso!
LET IT GO!!!
Abra mão de seu status e viva num padrão de vida que permita-lhe investir.
Sei que alguns interesseiros se afastarão, que sua família pensará que está quebrado, que os vizinhos vão tirar uma onda danada, mas livre-se de qualquer bem material que gere um "custo mensal" em seu orçamento. Não se apegue tanto aos bens materiais. Deixe-os ir e mais tarde poderá comprá-los com consciência financeira e os bolsos cheios.
Se não largar de ser trouxa e alienado, não adianta passar para o passo seguinte.
Ps: Sei que algumas dívidas são bem difíceis de desfazer, como um financiamento de imóvel, mas neste caso as taxas de juros são bem mais baixas e como muitas vezes envolve ambiente familiar, relações conjugais e etc., melhor deixar como está.

Dica 2: Ganhe mais do que gasta.
De quanto você precisa pra viver mensalmente? Se você nunca passou por uma séria dificuldade financeira, você não sabe essa resposta. Existem famílias que "vivem" com apenas um salário mínimo. Tudo bem, não queremos viver assim, mas se a porca torcer o rabo, com quanto consegue sobreviver?
Deve-se definir um padrão de vida para se viver, para que sobre dinheiro no INÍCIO do mês. Isso mesmo, no início, pois sabendo de seu orçamento mensal, você sabe quanto estará destinado aos investimentos e este é o primeiro destino após receber seus ganhos. Seu orçamento seria quanto você destinará a cada coisa importante em sua vida. Desenhando:

Você ganha mil reais por mês;
300 reais são para investir;
200 reais são para ajudar em casa (Poxa, você mora sozinho ganhando mil reais por mês?!?! Ninja! Mas aconselho a dividir ou voltar para a casa da mamãe)
300 reais para diversão;
200 reais para despesas com transporte e lanches.

E aqui se encontra o detalhe dessa dica: Ganhe mais, invés de apenas gastar menos.
Imagine se consegue ganhar dois mil por mês. Seriam 600 reais para investir e 600 para a diversão!!! Uhuuuuu!!! Sim, a diversão é muito importante!
Não tem tempo e nem energia para ganhar mais?! Leia ESTE POST então!

Dica 3: Trace uma meta de ganhos diários.
Sim, cada dia é importante. Quanto mais diminuímos nosso "prazo" pra fazer dinheiro, mais focados ficamos. Se souber que tem de ganhar 50 reais por dia, terá que se virar pra terminar o dia com estes 50 reais em sua conta.
Geralmente meus domingos são de folga, portanto eu pego quanto quero (não cabe um "gostaria" aqui, é QUERO mesmo!) ganhar por mês e divido por 24 (4 semanas com 6 dias úteis cada uma). Por exemplo, o cara dos mil reais mensais, faz R$41,66 por dia. Neste caso sugiro começar com uma meta modesta, tipo R$50,00 ao dia. Daí você se vira pra ganhar estes R$8,34 diários que faltam.
Depois que bater a meta, estabilize nela por um mês e trace uma meta maior.
Claro! Você terá que fazer algo a mais para bater a meta! Portanto mais uma vez, sugiro algo DESTE TIPO, ou DESSE.

Dica 4: Estude!
Para alguns, essa é a parte mais chata. Que pena! No pain, no gain!
Você terá que estudar sim! Não precisa ter uma estante de livros como a minha, mas quanto mais ler e aprender, melhores serão seus retornos e não digo apenas sob a perspectiva financeira. Hoje em dia está cheio de material gratuito na web, portanto só não estuda quem quer ficar na mesma e esperar um milagre divino. Desde criança venho escutando que Deus ajuda a quem cedo madruga. E acredito que seja verdade! Tudo bem que não costumo levantar cedo, mas durmo tarde, pra trabalhar ou estudar madrugada afora.
Tente pegar alguma veia que goste e tudo ficará mais fácil. Eu, por exemplo, gosto dessa veia empreendedora, de criar, de modificar, de enxergar diferente, de ser maluco, retardado e etc. Porém o que mais bomba é a veia de Mercado Financeiro, com todos querendo ser o próximo Buffett, Soros e por quê não, Gordon Gekko.
Encontre o que te deixe mais motivado pra ler, baseado no que quer ser quando crescer.
Na Biblioteca Dinheirologia, encontrará resenhas minhas sobre diversos livros.

Dica 5: Quebre os paradigmas e faça seu próprio caminho.
Minha última dica é essa e sinceramente, é a melhor.
Em sua caminhada encontrará diversos gurus dizendo que este investimento é melhor que aquele, que imóveis é o investimento mais seguro do Brasil, que a super previdência de sei-lá-o-quê é a mais rentável, que a poupança é um investimento, que vender alimentos sempre dará dinheiro e etc.
Mas sugiro que quebre qualquer paradigma (limites) que tenha em sua mente sobre investimentos. Seguindo a dica 4, você aprenderá o básico e saberá identificar possíveis oportunidades, então confie em seus instintos e se errar, aprenda! O erro faz parte da vida do investidor, portanto não deixe que outros errem pra você. Ah, e claro! Tenha um índice de acertos superior!
Creio que talvez seja isso que você queria ler neste post. Queria que escrevesse sobre como consegue rendimentos de 8% ao mês criando um novo negócio, invés de 2% no Mercado Financeiro, ou 1% em algum Fundo e etc.
Não faço isso! Não crio paradigmas, eu quebro todos eles.

Não precisa ser gênio para investir. Investir é simples! Basta pegar 50 reais, comprar tudo em latinhas de cerveja num atacadista e depois revendê-las com uma boa margem na porta de uma festa. Você investiu 50, teve custos de 20 (transporte) e lucrou 30, ou seja, seu investimento rendeu 60% e seu negócio teve uma lucratividade de 30%.

Creia! Siga as 5 dicas descritas acima e terá uma base segura para começar seus investimentos. Tenha disciplina pra seguir cada dica e boa sorte*!
*Sorte: Sorte é o que acontece quando a preparação encontra a oportunidade. - Elmer Letterman