BREAKING NEWS

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Frota Própria ou Frota Terceirizada

Quando falamos de frota, lá vem a terrível dúvida...

Qual é o fator decisivo para escolher entre frota própria ou frota terceirizada? Qual a hora de saber se estamos gastando mais entre um modelo e outro?

Perguntas que dificilmente podem ser respondida com exatidão; os números pesquisados de acordo com a ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores dizem que metade dos atacados a nível Brasil está optando por um modelo de frota própria enquanto a outra metade fica com a utilização da frota terceirizada.

Pensando nas vantagens e desvantagens de cada modelo, depende muito da operação a ser realizada, alguns atacados preferem ter sua frota 100% própria, enquanto outros terceirizam algumas regiões ou zonas de entrega, depende da necessidade e também do nível de serviço que podemos oferecer até o consumidor final.

Dinheirologia
Minha frota é motivo de orgulho pra empresa, desde 197...
Caminhando na ideia de obter uma frota própria, atacados distribuidores pressupõe que a operação pode ficar mais barata podendo se enganar quando analisarmos os custos efetivos dessa frota.
Na verdade o que estamos vendo é que não existe uma frota 100% própria explica a revista distribuição. A empresa pode ter a maior parte de carros próprios, mas sempre completará a operação com frota de terceiros, dependendo do volume de entregas que ela tenha a realizar no período.

Pensando por esse ponto, é a pura verdade, mas existem aqueles que preferem adquirir mais caminhões, contratar mais motoristas, para realizar as entregas, sendo fiel ao modelo próprio na tentativa de manter seu nível de serviço e garantindo a pontualidade na entrega. Na contramão dessa situação encontramos diversas saídas como a terceirização total ou parcial ou até mesmo contratando agregados ou autônomos de qualidade.

Tudo tem que ser bem analisado pelo o gerente de logística da empresa, folha de pagamento do transporte, custo da frota, tempo de entrega, quantos caminhões e pessoas envolvidos na operação de transporte, KM rodado no mês, tudo isso pode ser uma informação vital para a escolha entre frota própria ou terceira.

Veja algumas diferenças

FROTA PRÓPRIA
• Manutenção dos veículos
• Salário dos Motoristas e Encargos
• Seguros
• Licenças/impostos
• Maior agilidade nas tomadas de decisão

FROTA TERCEIRIZADA
• Enxugamento da estrutura
• Equipe e ativos agregados
• Custos preestabelecidos
• Negociação e contratação de fretes
• Menor autonomia

Algumas empresas enxergam a terceirização como redução nos custos logísticos ou até mesmo se julgam não serem competentes para administrar esta parte logística, mas vale lembrar que 25% dos custos logísticos estão ligados diretamente a área de transporte.

Definir a estrategia melhor para o transporte, pode representar muito na hora de atender o cliente final, um exemplo disso é o caso do frete retorno, que por muitas vezes quando temos uma frota própria, pode significar e muito no custo da entrega, caminhão que vai cheio e volta vazio encarece lá no final, no cliente contratante e isso é péssimo quando falamos de repassar esses custos. Empresas de atacado estão buscando incessantemente o frete retorno, onde podem (quem sabe) gerar uma receita significativa para a operação.
Analisando mais um pouco sobre a frota terceirizada, podemos dizer que a dor de cabeça pode ser menor, quanto a questões administrativas e burocráticas, mas será que estou atendendo realmente com o nível de serviço que a empresa merece?

Muito importante saber o que você vai entregar e pra quem.
Por isso, logisticamente falando não tem melhor ou pior. Já cara ou barata, existe sim!
Planejamento nessas horas vale muito na hora de saber quando, como e onde vou terceirizar meu transporte, saber quais tipos de veículos próprios posso trabalhar ou terceiro, são decisões que vão afetar diretamente o processo logistico e devem ser analisadas no médio ao longo prazo.

Tudo depende do QUE (produtos e serviços chegando lá de qual forma) quer entregar ao cliente.

Guest Post de Setas Logística.

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!