BREAKING NEWS

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Picos, Vales e Amigos

Picos e Vales, são os níveis dos terrenos que pisamos durante nossa jornada. Durante essa caminhada, ajudamos e somos ajudados por outros caminhantes. Geralmente estes se encontram dentro de nossa própria casa, um grupo conhecido como FAMÍLIA, que é ligado por sangue e o qual você não se escolhe. Eles sempre estão encabeçando nossa lista de prioridades das pessoas que merecem nossa ajuda e que nos ajudam primeiro.

Ainda haverão picos e vales.
 ... Sempre? Não, nem sempre. 

No decorrer da jornada excluímos alguns, somos excluídos por outros e selecionamos novos parceiros de jornada. Dentro do novo grupo, este chamado de AMIGOS, alguns se destacam pela lealdade, atenção e disposição. 

Não é qualquer um que se dispõe a te carregar em pleno vale. A maioria quer se salvar e segundo as regras de sobrevivência, carregar alguém além de si mesmo te deixa mais fraco e mais lento. Em compensação, se o "carregador" sobrevive, muito provavelmente terá ao seu lado, alguém disposto a fazer o mesmo. Estes escolhidos são as melhores coisas que conquistamos enquanto atravessamos um vale. 

Nos picos, tanto família como amigos desejam estar perto de você. O poder é a característica mais atraente de todos os seres vivos. Quanto mais poder, mais alto o pico e mais poder de atração você tem. 
Muito fácil conseguir lealdade, atenção e disposição durante a caminhada no pico. Todos querem "mostrar serviço" aos poderosos, para assim serem bem gratificados. 

Já durante as travessias dos vales em nossa vida, a multidão se dissipa e então você começa a identificar quem realmente caminha ao seu lado e quem estava ali apenas enquanto havia confetes. 

Muitas vezes você perde família, esposa, marido e/ou amigos. Passa um bom tempo sem escutar um simples "Como você está? Está tudo bem?". 
Chora em silêncio por obrigação. 
Aprende com o som da solidão. 
Você se quebra e se reconstrói. 
Daí começa a ouvir outros passos se aproximando... 

E então eles chegam. 
Desconhecidos que passam a se preocupar com você de graça. Não querem nada em troca. Aliás não querem nada além de ajudá-lo a se levantar e passar pelo vale. 
Creio que Deus escolha as pessoas com quem começaremos a caminhada e no decorrer da mesma, a escolha fica por nossa conta, mesmo contando sempre com a ajudinha Dele. 

Por experiência própria, sei que perdi pessoas durante a jornada, que deixarão um eterno vazio em mim, que me arrancaram pedaços enormes, mas mesmo assim continuo minha jornada, pois sempre aparecem raros anjos ali, dispostos a juntarem o que sobrou de mim e me levantarem.

Minha especialidade! kkkkk
Se eles estarão caminhando ao meu lado até o fim, eu realmente não sei dizer, mas uma coisa é certa... Tirando toda a poesia de lado... 
Estando eles certos ou errados, ganhando ou perdendo, no vale ou no pico, feridos ou sãos, quando precisarem, minha mão será a primeira a se estender diante deles e meus pés serão os primeiros a aparecerem de voadora em seus opositores. 
"E não há fim para essa peregrinação. Assim como cada dia é seguido por uma noite, cada elevação é seguida por uma descida. A pessoa deve aprender a exultar-se não apenas durante o dia, mas durante a noite também – ela tem a sua própria beleza. Os picos têm sua glória, os vales têm sua riqueza." - Osho

Um comentário :

  1. Fala man. Tá sumido. As coisas andam complicadas? Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!