BREAKING NEWS

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Mecânico ou Operador Logístico?


Estou com um sério problema na empresa de biscoitos. A frota da empresa está demandando muito dinheiro com manutenção de veículos, pneus, combustível e motoristas. A nossa frota, apesar de contribuir para o crescimento de nosso valor contábil, é o que chamo de "ralo" de nossa empresa, pois tudo que ganhamos de um lado, vai embora por esse!

Já li diversos livros de logística, participei de pequenos cursos e palestras na área, o que faz de mim um ótimo ... piloto de motos! hehehe Brincadeiras à parte, aprendi um pouquinho, mas minha cabeça estava quase fundindo tentando achar uma solução.
Tentei trabalhar o lado psicológico dos motoristas, para que estes se conscientizassem da necessidade de se cuidar bem dos veículos da empresa, mas não adiantou! E olha que sou bom nisso hein! Contratamos novos motoristas e deu na mesma! Pensei em comprar veículos 0km, mas a empresa não tem caixa disponível atualmente e embora não seja adepto do bootstrapping, não posso endividar a empresa desse jeito e para este fim.
Daí veio a super-idéia! Vou terceirizar a frota!
Mais uma vez esbarrei! Geralmente o custo da terceirização é um pouco elevado e com razão, portanto fica até legal para empresas que comercializem produtos pouco volumosos e caros. Quanto mais perto desse termo (Volumosos e Caros) for, melhor! O problema é que meus produtos vão radicalmente na contramão! Meus produtos são extremamente volumosos e baratos.
Ou seja, por fim não cheguei a solução nenhuma!

Durante essa semana, fiz uma visita ao mecânico da empresa, depois de ter que parar 3 veículos com motores quebrados, fora os outros com problemas a caixa, direção e homocinética.
Em vez de chegar feito um demônio a Tazmania, pedi que se sentasse comigo para conversarmos, daí falei:
- MECÂNICO, PELAMORDEDEUS, PORQUE MEUS VEÍCULOS FICAM MAIS EM SUA OFICINA DO QUE EM MIHA EMPRESA? DÊ-ME UMA SOLUÇÃO PRA O QUE ESTÁ ACONTECENDO! AJUDE-ME OU ENTÃO ME PERDERÁ COMO CLIENTE, POIS EU NÃO EXISTIREI MAIS!

Então o mecânico, comovido com meu desespero, pensou um pouco, incorporou o grande Albert Eisntein e me deu a solução que eu tanto procurava! Quase não acreditei naquele momento iluminado! Foi uma solução do tipo: "Como não pensei nisso antes!"
Claro que precisa de alguns retoques, mas o mecânico realmente me surpreendeu pela simplicidade e perfeição de sua solução logística! O cara não consegue escrever uma frase sem assassinar a gramática, mas consegue me dar uma solução que ninguém havia pensado ainda!

Perfeito! Meu mecânico fez compensar todo o dinheiro que já paguei reclamando por sua mão de obra!

A solução? É claro que não posso colocar aqui de bandeja para meus concorrentes! Sinto muito!

Lembram da propaganda do brinquedo pense bem?
"Pense Pateta, pense Pateta!..."

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!