BREAKING NEWS

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Tragédia Anunciada

I don't wanna close my eyes
I don't wanna fall asleep
'Cause I'd miss you, babe
No final de 2009, concluí que a empresa CHDC da qual também sou sócio, estava na rota de colisão com um meteoro chamado “Alavancagem-Fodendo-Custo-Fixo”, um nomezinho feio pra algo que poderia deixar tudo bem mais feio.
Avisei a todos e tracei uma estratégia pra que saíssemos dessa rota fatídica, criando metas para todos e sendo o mais transparente possível.

Quase um ano se passou, as metas não foram batidas, as relações interpessoais geravam faíscas a todo momento e a empresa seguia no mesmo rumo, a uma velocidade cada vez maior.

De acordo com meus prognósticos, a colisão ocorreria entre abril e junho, se conseguíssemos alguma linha de crédito para sobrevivermos até lá, passando pelos meses pré-carnaval.
Precisava fazer alguma coisa e fiz... Centralizei o comando, armei barraco com outros sócios, mudei funções, cargos e corri atrás de crédito. Ou seja, me endividei mais, para combater um meteoro criado pelo próprio endividamento. Lembram quando eu escrevi sobre as estratégias kamikazes?!...

Deveríamos aumentar e manter nosso faturamento em 15%, justo nos piores meses comerciais do ano para a empresa. Devido aos egos, frescuras e falta de ânimo, não conseguimos. Daí pensei em aumentar a lucratividade, mas precisava de investimentos e também não deu.

Eis então que em pleno janeiro, quando já avistávamos o meteoro a olho nu, meu financeiro deu ainda mais força à patada do urso. Sem que eu pudesse entender o porquê, meu competente funcionário emitiu cheques o bastante para superar duas vezes o nosso orçamento...

Sinceramente, quando chegou nesse ponto, de nada adiantava a matemática, economia, administração e etc. Tinha acabado!

Dobrei meus joelhos e pedi a Deus que mexesse seus pauzinhos, pois a solução estava além da minha competência...
Então Ele me enviou um sinal e em meio ao terror do impacto do meteoro, me mostrou o que eu devia fazer e assim eu fiz.

Cheques voltaram, fornecedores regraram vendas, a fofoca correu solta no mercado, os bancos travaram o crédito e eu ainda fiz questão de foder minhas contas pessoais em prol da empresa...
(Pausa para comentário importante)
Nunca façam isso! Foi a segunda vez que arrisquei meu nome e patrimônio pessoal pra salvar uma empresa. Pode dar certo e pode ser o único caminho, mas se não der certo, você se ferra em dobro!)
(Continuando...)

... Tudo que tinha pra acontecer de ruim estava acontecendo! Ocorriam coincidências incríveis que vinham como um belo chute no saco, uma após outra. Os concorrentes aproveitaram pra espalhar as notícias e fisgar funcionários, fazendo com que ficássemos cada vez mais fracos e vulneráveis.

Incrível ver como os heróis se destacam nesses momentos. Pude observar heróis de verdade disfarçados de funcionários, fornecedores e stakeholders. Espero poder ser um herói pra eles também no futuro.

O que eu podia fazer, eu fiz! Aumentei o faturamento, aumentei o mix de produtos, aumentei prazos com fornecedores, busquei novos fornecedores, renegociei dívidas, estimulei os heróis e fiz várias promoções. Isso tudo pode até ter ajudado, mas quem nos fez sair vivos desta catástrofe, mesmo com todas as baixas que tivemos, foi Deus. Digo isso porque realmente não havia saída.
A matemática não é uma ciência exata?

Mas saímos vivos...
Agora é apurar os prejuízos, baixas e recomeçar do zero, ou melhor, recomeçar do menos duzentos.
Como o oleiro na Bíblia (Jr 18.4), vi o vaso estragado e queria fazer dele um vaso útil, mas não adiantava remendar. Então Deus deixou o bendito estragar de verdade (Nos negócios leia: quebrar) para então começarmos a moldar um vaso novo.

2 comentários :

  1. Fã do Caipirão6 de abril de 2011 13:42

    E pode ter certeza, que com a sua competencia e sabedoria,a ajuda de Deus e da sua equipe o Caipirão voltará ao posto que merece...o de sucesso.
    E não há concorrente o suficiente, que consiga superar o que seus produtos têm de melhor: qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por seu comentário "Fã do Caipirão"!
    Teremos mutas surpresas para nossos fãs este ano! Hehehe

    Abraço!

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!