BREAKING NEWS

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

O Dia Em Que Inflacionei o Hot Dog

Calafrio?! Não estava acostumado a ter calafrios. Vi que não conseguiria atravessar a madrugada para curtir o som dos Renegades of Funk.
Saindo de lá, parei no carrinho de hot dog pra comer alguma coisa quente e calórica antes de pegar o volante do carro. Pedi um hot dog e uma água sem gelo. Percebi que estava realmente doente quando tive que pedir à senhora que me atendeu, que abrisse minha garrafa de água, pois eu simplesmente não conseguia.

O cachorrinho não foi maltratado para tirar esta foto.
Comecei a comer e prestei atenção na tabela de preços do negócio. Conclui que minha conta fecharia em 6 reais, 4 pelo hot dog e 2 pela água. Ao mesmo tempo lembrei da tabela de preços do pub em que eu estava e do quanto aquele hot dog quente e calórico estava me fazendo bem.

Olhei ao redor e não vi mais nenhum carrinho de hot dog, porém meus olhos avistaram 5 baladas diferentes. Que posicionamento!!! Que exclusividade!!!
Comecei a pensar no valor logístico agregado aos produtos que eles vendiam...

Todos queremos comer alguma coisa quentinha e calórica após as baladas, mas as grandes redes de fast food nunca estão abertas durante as madrugadas frias e alcoolizadas. Dessa forma desejamos apenas que seja uma alimentação rápida, que não precisemos alterar a rota rumo às nossas camas por ela.

Juntando isso tudo na mente enquanto ainda comia meu hot dog, perguntei ao proprietário, qual era o tamanho da fatia do hot dog no faturamento do negócio e o mesmo respondeu que seria cerca de 50%. De bate e pronto, assustando alguns clientes, falei uma oitava acima:

- O preço do hot dog deve ser de 5 reais!
- Anh!?!? – Respondeu o proprietário sem entender nada.


Iniciei minha explicação, correndo o risco de ser linchado pelos outros clientes...

O maior limitador de preços para um produto já existente no mercado é a concorrência, que pelo jeito você não tem. O exagero no preço poderia te fazer perder alguns clientes, mas ao seu redor existem 5 baladas onde uma cerveja não sai por menos de 4 reais e onde qualquer coisa sólida e comestível custa mais de 10 reais, ou seja, já é tudo bem exagerado. O outro produto semelhante vendido por seu negócio, o sanduíche de pernil, é 2 reais mais caro que o hot dog e menos lucrativo, portanto não seria ruim a mudança na tabela, já que se os clientes migrarem do hot dog para o pernil aumenta seu faturamento e se fizerem o contrário, aumenta seu lucro. O aumento de 1 real no hot dog, representaria 25% a mais no faturamento do produto, que é 50% do faturamento total e um percentual maior ainda no lucro. Passei a ele também a idéia de já comprovado sucesso pelas redes de fast food, de se montar combos e até sugeri um preço de 10 reais para um combo. Pra finalizar, os clientes bêbados e famintos que pagam 4 reais por um hot dog, pagam 5 sem problema nenhum, pois se fossem procurar um fast food aberto, perderiam tempo e gastariam mais que 12,90.

O proprietário do negócio ficou me olhando como se ainda estivesse descodificando todas as informações, os clientes me olhavam como se fosse um maluco e eu agradeci e me despedi levando minha garrafa d’água e meus calafrios.

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!