BREAKING NEWS

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A Revolução da EqualYzação

Muito se fala a respeito da Geração Y, uma definição sociológica que categoriza as pessoas nascidas entre 1978 e 1990*. Porém a maioria das abordagens são feitas sobre um conceito globalizado dessa geração, esquecendo-se que a geração surgiu antes do mundo globalizado, numa época de transição entre a Era Industrial e a Era da Informação, onde os países mais ricos tinham acesso às inovações e o resto do mundo esperava um enorme delay até conseguir usufruir destas inovações.

Encontre o Y
Tudo ficou mais acessível, mais fácil, mais interligado, mais indiscreto. Se exibíssemos um filme com as tecnologias comuns de hoje, a uma pessoa comum em 1980, com certeza essa pessoa pensaria ser aquele, um filme de ficção científica. Notebooks, microchips, smartphones, tablets, sensores de movimento, Mp3 players, GPS, INTERNET!!! Não há como uma criança nascida depois de 2000 imaginar como vivíamos até o início dos anos 90’.

Reza a lenda que essa geração emergiu juntamente com o boom da tecnologia e da prosperidade econômica. Dessa forma, fica absolutamente equivocado de nossa parte, categorizar a geração brasileira da década de 80’ como Geração Y, já que nossas portas à importação dos avanços tecnológicos foram abertas apenas no início dos anos 90’ e mesmo assim, nossa economia rastejava de mal a pior.

Podemos concluir então que houve um delay entre a Geração Y dos países desenvolvidos e a nossa Geração Y.

Este atraso foi corrigido no decorrer dos anos 2000’ graças ao achatamento do mundo gerado pela globalização e o desenvolvimento da economia brasileira.
Hoje em dia, o que acontece lá, é visto aqui no mesmo segundo e vice-versa. Porém temos uma falha em nossa estrutura social, que impede membros cronologicamente encaixados no Geração Y, de vivenciarem a experiência de ser um Y.


A tecnologia e a informação, que fazem da Geração Y uma geração de pessoas ultracompetitivas, autodidatas, tecnológicas, interligadas, equalizada e confiante, não está acessível a todos por aqui.

Ainda é preciso que nossos governantes e a própria sociedade REVOLUCIONE nossa estrutura social, para que mesmo os mais necessitados de segurança, saúde e educação, não sejam carentes de INFORMAÇÃO.
O mundo atual, globalizado, na Era da Informação, cedendo o comando à Geração Y, criando a Geração Z e que tem seus ciclos econômicos e tecnológicos cada vez mais curtos, tem na INFORMAÇÃO, o poder de EQUALIZAÇÃO.
A informação gera oportunidades, empreendedorismo, esperança.
Precisamos oferecer aos excluídos brasileiros dessa Geração absurdamente inovadora, o acesso à informação, para que eles tenham a oportunidade de equalizar nossa desigualdade social por si mesmo, sem depender de instituições.

A Geração Y vem revolucionando o mundo, de forma silenciosa e rápida e o melhor nome para essa revolução seria Revolução da EqualYzação.

*Alguns autores consideram o intervalo entre 1980 e 2000.

2 comentários :

  1. CONTROL C CONTROL V DA REVISTA GOSPEL. FALTA DE CRIATIVIDADE. VC NEM COLOCOU A FONTE.... COPIOU MESMO HEIN....

    ResponderExcluir
  2. Prezado anônimo, tome cuidado com o que escreve, pois embora esteja correto sobre a matéria estar na referida revista, você pode não saber tudo sobre a fonte.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!