BREAKING NEWS

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

O Guia de Sobrevivência na Selva - Parte II

Prezados, dando sequência à série iniciada AQUI (Em minha opinião um dos melhores posts do Blog), venho abordar a respeito do que fazer quando se encontrar sozinho e perdido na selva financeira. Tanto que a pergunta chave do primeiro post é a base:
Como manter a calma e a confiança quando só temos a nós mesmos em meio à selva financeira?

Escolhi bem a imagem de SELVA TENEBROSA!
Repetirei um parágrafo daquele post...
"Durante toda a vida do Blog, recebi emails e comentários descrevendo situações onde as pessoas se sentiam insatisfeitas com sua vida profissional, se achavam capazes de realizar grandes feitos, tinham grandes ideias, mas não PODIAM abandonar TUDO e partirem para a selva do desconhecido."

Agora estamos na selva... E aí, como sobreviver?!
Sinceramente, eu não tinha a menor idéia!

Minha confiança estava abalada, eu não tinha idéia genial nenhuma guardada, saí com uma dívida no cartão de crédito que não era minha (era da empresa) e tinha apenas uma miserinha que o Blog me abençoa mês a mês.
Ah minhas economias!!! Kkkkkk Foi tudo embora nesse quase um ano trabalhando de graça.

O lance é que por mais esquisito que isso possa parecer, eu estava tranquilo.
Essa tranquilidade e uma absurda paz de espírito que também me inundou, fez com que minha confiança fosse voltando e com isso, chamem de Deus, Universo, Força Maior... Whatever... algo aconteceu!
Foram acontecendo coisas inesperadas, tipo tudo dando certo! Daí pensei em Steve Jobs dizendo para seguirmos nossos instintos e mantermos a fome...
Enfim, como sempre disse, CONTATOS VALEM MAIS QUE DINHEIRO e embora alguns tapinhas nas costas sempre se transformam num tapa na cara quando você desce um degrau, a maioria me deu força... e serviço!
Vai por mim! Contatos valem muito mais!
Comecei a ligar pra todos e dizer que precisava de serviços rápidos para levantar uma grana enquanto estivesse em minha fase de Esfriamento Absoluto de Cabeça. Deu certo! Sei qual o valor do meu orçamento mensal, daí buscava o valor semanal com unhas e dentes. Na maioria das vezes, conseguia o valor necessário na terça ou quarta-feira, daí ficava a toa nos outros dias,mas não por preguiça e sim para dar continuidade à próxima fase de nosso Guia...

ESFRIAMENTO ABSOLUTO DE CABEÇA

Não adianta você largar o trabalho que te encheu o saco e ele não sair de você. Daí a necessidade de passarmos por essa fase do processo.

Mesmo se as idéias estiverem borbulhando na cabeça, devemos anotá-las e guardá-las para outra fase, pois nessa fase só devemos pensar em sobreviver e relaxar. Em poucas palavras...
DÁ-SE UM JEITO DE FAZER A GRANA DA SOBREVIVÊNCIA E DEPOIS É SÓ DIVERSÃO! NADA DE PENSAR NO FUTURO!

Precisamos desse tempo para nos encontrarmos. Sei que é um lance meio hippie, mas faz muita diferença. Não pule de uma pedra pra outra sem ter o devido descanso antes. Pense apenas em viver e se divertir.
Quando a hora de mudar de fase chegar, você saberá!

No meu caso tinha gente achando que tinha ficado louco, outros achando que tinha virado hippie e alguns poucos sabiam exatamente o que eu estava fazendo.

Esfriei a cabeça, parei de me preocupar com os problemas de uma empresa que não era mais minha, refiz muitos contatos, analisei mais alguns malditos tapinhas nas costas, conheci muitas pessoas, enxerguei coisas novas, identifiquei experiências necessárias à minha bagagem e depois de muito me divertir, decidi qual seria o próximo passo.

Confiança elevadíssima, cabeça tranquila e idéias brotando na farta vegetação em minha mente...
A selva nem parecia mais tão perigosa.

Pra finalizar este post, lembro de quando escrevi o post Samurais da Era Industrial. Eu tinha dúvidas se conseguiria fazer como os samurais e sobreviver...
Não tenho mais! Sobrevivi, passei no teste, SOU UM SAMURAI!

Ok! Até aqui concluímos que estávamos no caminho errado, tivemos o insight, nos jogamos na selva e mesmo achando que talvez morreríamos rápido, sobrevivemos. Depois esfriamos a cabeça e enfim nos sentimos mais preparados para enfrentar a selva.
E agora, Qual o caminho certo para sair daqui?

To be continued...

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!