BREAKING NEWS

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Brasil Versus Sustentabilidade - Logística


A cada dia confio mais no Brasil. Mas será que nosso crescimento como nação é sustentável?!
Li uma matéria em um jornal regional e fiquei pasmo ao ver alguns dados.
Eu já sabia que as palavras "logística" e "Brasil" são quase antagônicas, mas não sabia que estávamos tão aquém assim.

O Brasil possui 1,7 milhões de quilômetros de rodovias e destes,apenas 11% são pavimentados!!! Perdemos para todos os países do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), e perdemos de lavada! Teremos que pavimentar mais de 200% do montante pavimentado, para alcançarmos o penúltimo lugar (Rússia)!!!!!!!! What a hell!!!!!

O pior de tudo é que este modal é responsável por 58% de nossas cargas nacionais. O que contraria diversos estudos técnicos que afirmam ser o transporte ferroviário mais viável que o rodoviário, para percursos acima de 150km.

E não pára por aí...
O custo de movimentação de cargas no "melhor porto" brasileiro é de 13 dólares a tonelada, enquanto a média mundial fica em 7 dólares. Isso ajuda um outro dado que estima que 35% da planilha do preço final de um produto exportado fique para o frete.
Sem contar, é claro, que nossos portos são "caquéticos".

Em malhas ferroviárias, também estamos com a última colocação, precisando mais do que o dobro para ultrapassar a Índia, penúltima colocada.
Mantemos nossa inegável última colocação também para a logística de dutos e só saímos do último lugar no modal hidroviário, onde conseguimos uma incrível penúltima posição!

Vejam que estou me referenciando pelos últimos e nem ouso citar os líderes, pois é sacanagem da brava!

Se não estou enganado, creio que o Brasil seja o maior berço fluvial do mundo, então porquê não conseguimos usar os rios em nossa logística?!?

Talvez seja a Máfia do transporte rodoviário, pois nem o transporte ferroviário vai pra frente.

É uma vergonha total! Como poderemos ser uma nova potência econômica se não contamos com uma infraestrutura que barateie nossos custos logísticos que devem chegar a 12% do PIB?!?
Por quê não abrem espaço (tributário e legal) para que empresas privadas possam competir com nosso Correio por aqui? Ficamos a mercê de greves e etc.

Não dá pra entender como pontos tão cruciais para nossa economia, possam parecer mais insignificantes que comprar jatos de guerra!!! PQP!

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!