BREAKING NEWS

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Grau de Investimento, Euforia e Reflexões

Primeiro a Fitch Ratings e a Standard & Poor's, agora a Moody's. Todas as três agências de classificação de risco deram ao Brasil o precioso Grau de Investimento. E o Brasil vem fazendo por merecer!
Estamos nas cabeças, buscando a liderança! hehehe

A Bolsa de Valores, com o Ibovespa chegando novamente acima dos 60 mil pontos...

A economia indo muito bem, PIB, Taxa de Crescimento e etc.

... Antes de eu acionar minha metralhadora, tenha em mente:

A mais importante lei do mundo é a Lei da oferta e da procura (Embora você pensasse que fosse a Lei da Gravidade) – se a oferta é bem menor que a procura, os preços tendem a subir, já se a oferta é maior que a procura, os preços tendem a cair!

Estamos entrando no famoso Céu de Brigadeiro, onde tudo é lindo!
Os americanos, pra ser mais correto, os estadunidenses já estiveram por lá... daí veio o Subprime.

Ok. E daí?!
Daí vem o Banco Central e me diz que o estoque de crédito deve atingir 47% do PIB em 2009.
Quarenta e sete por cento?!?!?!?! Put-and-keep-are-you!!!!!!!
O que gerou toda essa porcaria de crise, foi justamente o crédito porco nos Estados Unidos!

(Não João, o Brasil tem um Sistema de Concessão de créditos muito mais seguro!)

Ah! Então tá bom! Assim fico mais tranquilo!...
Claro que terei que esquecer alguns detalhes...

77% da população brasileira faz parte das classes C, D e E. Justamente as classes que mais demandam por crédito. Basicamente toda essa massa, que é formada por empregados e autônomos, não vê a hora de ir à Ricardo Eletro comprar sua LCD de 50 polegadas e só está esperando um pouquinho pois acabou de comprar seu carro 0km, financiado em suaves prestações por 72 meses.
Mas a felicidade dessa massa foi completa, pois com o programa do governo, muitos conseguiram realizar o Sonho da Casa Própria e compraram também o seu lar com juros baixíssimos e parcelas divididas em 240 meses.
Tudo que antes era excessivamente caro, tipo "coisa de rico", agora é totalmente acessível.
O instrumento de proteção ultramoderno é a Alienação Fiduciária em Garantia, que fará com que as concededoras de crédito recebam um carro velho pra vender a "Não-Sei-Quem". Sem contar o super sistema de análise de crédito, que talvez só possa ser burlado por um despachante de esquina.
Mas tá tranquilo, pois o Índice de Inadimplência está baixo. Alguém já te disse que esse índice é computado apenas em cima dos empréstimos bancários?
As grandes redes varejistas de crédito, disfarçadas de varejistas de eletrodomésticos, ganham cada vez mais dinheiro com seus Spreads que com a compra e venda de suas mercadorias, vide Casas Bahia e Ricardo Eletro.

Para não me estender demais, quero dizer que toda nossa economia depende de apenas uma palavra: EMPREGO.
Somos uma nação 50% alavancada e o problema é que essa alavancagem vem em sua maior parte de 75% de nossa população. A roda da economia continua girando, cada vez mais rápido, mas quanto mais rápido ela estiver girando no momento em que uma engrenagem falhar, maior será o estrago.
Se algo acontecer e faltar emprego, o varejo sofrerá e depois as instituições financeiras, daí nosso "dinheiro gringo" já terá fugido e nossa indústria será afetada, gerando assim mais desemprego e mais inadimplência. Então estaremos quebrados.
Para esse "algo" acontecer não é muito difícil, pois a demanda cresce mais a cada dia e com isso vem a inflação, que deve ser controlada a qualquer custo já que o Ano Eleitoral vem aí, então sobem-se os juros, daí corrige a demanda e aumenta os calotes e então tudo começa...

Efeito cascata!

Pronto! Já refleti demais, mas peço aos leitores preguiçosos que leiam apenas a linha lá em cima onde falo sobre a Lei da Oferta e da Procura e as linhas que virão agora:

Constitua uma boa e segura reserva financeira.
Não siga os eufóricos.
Não fique alavancado (Endividado).
...
Não tomem decisões de acordo com o que eu falo! Sou apenas um analfabeto segundo a Secretaria de Educação.

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!