BREAKING NEWS

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A Arte de Não Remediar Empresas


Thoreau foi magnífico em uma de suas citações particularmente.
Para cada mil talhos nas folhas do mal, há apenas um na raiz. – Thoreau

Não entendo por que a grande maioria das pessoas gasta toda sua energia em remediar algo que está errado e não dão sequer um passo a trás para darem “um talho na raiz”.

Vemos pessoas dispostas a fazer o que for preciso, com raça, paixão e boa vontade, mas focando tudo isso no lugar errado. Ficam todos numa posição tão “inside”, que não conseguem enxergar de onde está vindo o fuzilamento e cegos por causa de seus pontos de vistas, acabam por se aproximarem mais do que pode ser chamado de uma hecatombe empresarial (PQP! Falei difícil bagarai agora!).

Isso acontece muito com o empresário que segue à risca a filosofia de que “O Dono do Boi É Quem Pega no Chifre”. O cara quer estar no meio do tiroteio, por honra ou por achar que pode acertar mais “talhos nas folhas” e não se dá conta que a melhor alternativa seria sacrificar alguns soldados do pelotão de frente e dar uma subidinha na planície, para enxergar todo o campo e adotar a melhor estratégia para aniquilar a fonte da artilharia inimiga.


Por isso muitas vezes o cara que é muito estratégico é visto como covarde, preguiçoso, procrastinador e etc. E não adianta que ele discuta com os “insiders”, pois eles não enxergarão as coisas como ele, enquanto forem “insiders”.
Mas não se deve desconsiderar as informações fornecidas por seus “insiders”. Deve interpretá-las e incluí-las na definição de sua estratégia.

Lembre-se sempre de pensar:
“O que faria Jesus?”
Ops... Melhor, no caso corporativo pense:
“O que faria Warren Buffett?”

Obs.: Prezados radicais religiosos, por favor, não pensem que comparei Warren Buffett com Jesus. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

3 comentários :

  1. Olá,
    Não entendi seu post. Você julga todos pela maneira que você enxerga as coisas, e isso está errado pois tenho uma empresa também e vejo o ponto forte de cada um, e não é só porque ela está na oficina que ela é inside. A função dela é executar e minha é ditar e pensar nas estratégias. Trabalho muito meu lado intelectual e não é só por isso que tenho que cobrar o mesmo dela. Uma empresa jamais cresceria se todos fossem "O Pensador" dela. Se essa pessoa funciona melhor ali executando e eu aqui pensando Ok. Sócios em certos pontos não tem que ter pensamentos e ações iguais. E tem hora que temos que pegar no chifre mesmo, ou faço isso, ou deixo de faturar.Acho que vc se acha demais nos seus posts, é um cara que não tem um pingo de humildade. E até parece que a sua inteligência é usada para te enriquecer, porque se fosse não estaria tão apertado, como vc mesmo cita nos posts.Passar por um aperto tudo bem, agora viver apertado é burrice. Chega ás vezes até ser hipócrita, fala, pensa, ensina e não faz. Cuidado com o que fala, para não ser mal interpretado.
    Rosane.

    ResponderExcluir
  2. Rosane, você realmente não entendeu o post.
    O mais engraçado é que alguns detalhes em seu comentário me faz pensar que te conheço de algum lugar. Whatever...

    A parte do seu comentário, destinada ao post, que se estende de "Você julga" até "deixo de faturar", prefiro nem comentar pois trata-se de ler azul, interpretar banana e comentar sobre bicicletas.

    Já quanto ao que acha de mim ou do Blog, tenho que responder:
    - Eu não me acho em meus posts! Eu me acho na minha vida mesmo, no geral. Mas pode ter certeza que não me acho nem um pouquinho a mais do que realmente sou.

    Ah! E sou humilde sim! Reconheço meus erros e inclusive posto todos aqui, engulo meu orgulho o tempo todo nos negócios, se precisar pegar uma kombi e fazer uma entrega, eu faço e tento desenvolver tanto faxineiros quanto diretores.
    Sou humilde para crescer e não humilde o bastante para me limitar ou para deixar alguém me "enrabar". Ops... desculpe o palavreado, mas por aqui é assim mesmo.

    Obrigado por me considerar inteligente apenas por ler meus posts! Aliás, por quê você os lê?!

    Quanto à minha situação financeira, meus amigos e minha esposa me alertaram para não ficar postando minhas realizações por aqui, pois o Blog tá "meio famoso" e pode não ser bom para minha integridade física. Daí é bom postar mais sobre os tombos, pois quem lê aprende muito mais com eles.

    Mas vamos lá...
    Comecei minha saga financeira em outubro de 2006 e até meados de 2008, já havia multiplicado meu patrimônio inicial em 1.200%. Daí em um negócio errado, me ferrei!
    Mas espere aí! Me ferrei financeiramente e não economicamente. Se não sabe a diferença entre os dois cenários, procure no Google.

    Mas enfim, leia realmente o Blog, que entenderá tudo. Minha saga está apenas começando Rosane. Muitas coisas acontecerão e essa é a diferença do meu Blog, tudo é contado em tempo real. Não estou aqui para competir com ninguém, mas seu comentário me instiga a lhe propor que faça melhor que eu (Geração de riqueza), para depois vir me alfinetar. O meu livro está aberto aqui. E o seu?

    O sacrifício de hoje (viver apertado) pode significar a fartura de amanhã.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. O nosso objetivo é contribuir para um mundo melhor. Muitas das vezes o silêncio seja o melhor a dizer ... Vamos exaltar as virtudes um do outro e vamos a luta ... vamos pra cima, vamos vencer as diferenças, vamos vencer as desigualdades, vaos ser mais tolerantes, vamos amar mais. Para não errar usemos sempre a lei suprema: Façamos tudo com Amor e nunca teremos que nos arrepender. Sucesso Rosane e João.

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!