BREAKING NEWS

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Formação Acadêmica


Eu não tenho um curso superior em meu currículo!
Aliás, eu não tenho nada em meu currículo! Não tive empregos anteriores, a escola em que formei o segundo grau faliu e não sei como pego meu certificado de conclusão do segundo grau, em todos os cursos que já fiz, nunca pedi um certificado, daqueles que você coloca numa moldura e pendura na parede. A única coisa que tenho em meu currículo é minha cabeça e a forma de anotar isso para outros lerem é dominando a arte da fala.
Mas o que quero mostrar com este post, é que formação acadêmica não é sinônimo de sucesso e vice-versa. A maioria do empreendedores americanos mais famosos não teve educação superior. Thomas Edison (GE), Henry Ford (Ford), Bill Gates (Microsoft), Richard Branson (Virgin), Michael Dell (Dell), Steven Jobs (Apple e Pixar), Ted Tuner (CNN), são exemplos do quão longe se pode chegar mesmo sem ter a tão aclamada formação acadêmica.
Seria ótimo se eu tivesse optado por entrar em uma faculdade com 17 anos de idade. Porém hoje em dia não posso "perder meu tempo" com isso.
Quando completei 18 anos, ganhava em torno de R$ 3.000,00 mensais trabalhando de ambulante, isso em 1997. Nem pensei 2 vezes quando decidi que meu futuro não teria um diploma pendurado numa parede.
O problema é que dinheiro, ainda mais pra quem não tem educação financeira, vem e vai. Já o conhecimento fica! Mas nas faculdades, onde se oferece o conhecimento em abundância, não lecionam sobre Educação Financeira, portanto mesmo depois de adquirir conhecimento, o dinheiro pode ficar nesse mesmo vai e vem!
Mas diploma também não é sinônimo de conhecimento. Digo isso com autoridade, pois por diversas vezes ministrei "aulas" de administração para administradores e de economia para economistas, em reuniões de amigos. Quando visitava minha noiva em sua faculdade, os professores adoravam me adotar como aluno, pois se impressionavam com minha sede por conhecimento. Claro que não podemos generalizar, conheço gente que nem terminou o curso ainda e que me deixa babando e com o cérebro fritando por não conseguir acompanhar.
Não quero fazer apologia ao analfabetismo acadêmico, só quero dar um apoio aquem não tem diploma e se acha inferior aos outros. Uma coisa é certa, se for buscar um emprego, a quantidade de diplomas é totalmente proporcional ao seu salário.
Enfim, o sucesso está aí pra todos, desde um vassourinha de vias públicas, até para um pós-graduado.

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!