BREAKING NEWS

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Renda Fixa

Os títulos de renda fixa, como o próprio nome já diz, são títulos emitidos pelo governo, bancos ou outras empresas, com a rentabilidade da operação já fixadas, seja através de uma taxa pré-fixada ou através de algum índice que embora não seja pré-definido para a data de resgate já indica qual a correção que será aplicada sobre o montante principal. Eles são como um empréstimo, cada vez que você compra um título de renda fixa você está basicamente emprestando dinheiro ao emissor do título (que pode ser o seu banco, uma empresa ou o governo). Os juros cobrados nada mais são do que a remuneração que você recebe por emprestar seu dinheiro.
Quais são esses títulos?
- Títulos Públicos:
Títulos Municipais
Títulos Estaduais
Títulos Federais - Tesouro Direto
- Títulos Privados:
Letras Hipotecárias
Títulos de Capitalização
Notas Promissórias
Caderneta de Poupança
Debêntures
CDB e RDB
Letra de Câmbio
CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários)
FIDC (Fundos de Investimento em Direito Creditório)
Na minha modesta opinião, o único desses que é "usável" atualmente, é a poupança que como já disse é a forma mais líquida de conseguir os juros compostos em cima de seu patrimônio.
A maior parte dos Fundos de Renda Fixa, rendem muito pouco atualmente e ainda sofrem com descontos de IR e taxas das instituições. Muitos são os adeptos desse tipo de investimento, mas eu prefiro deixar meu patrimônio numa forma mais líquida e sem a incidência de impostos, enquanto ele não está aplicado em algo mais arriscado e altamente rentável.
Há ainda a opção de investir em algum Fundo que administre investimentos nesses títulos (Além de outros) pra você. São os famosos Fudos de Renda Fixa e DI. Dentre os títulos administrados por esses Fundos estão: CDB, RDB, CDI, Debêntures Simples, Debêntures Conversíveis, Notas Promissórias, Commercial Papers, LFTM, LFTE, LBC, LTN, LFT, NBC-E, NTN, Over/Open. Ou seja, é muita coisa pra ser administrada! hehehe
Resta lembrar que grande parte desses investimentos (Não sei se são todos) têm a garantia de que no caso de ocorrer qualquer "coisa ruim", você tem pelo menos R$ 60.000,00 de volta.
E outra: Por favor, não caiam em papo de gerente de bancos! Ele só entende de coisas que tem que vender!

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!