BREAKING NEWS

terça-feira, 18 de maio de 2010

A Bola da Vez é o Iran (Irã)


Vejo esse episódio envolvendo de um lado os Estados Unidos... aliás, os Donos do Mundo e do outro lado o Irã, ex-Pérsia, como mais uma tentativa estadosunidense de controlar outro país detentor de riquezas ou de posicionamento estratégico.

Desde 1970, quando assinaram o "Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares", 188 países afirmaram não desenvolver mais armas atômicas. Sendo assim, apenas quem já tinha essas armas poderiam tê-las em seu estoque e s privilegiados foram Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China.
Quem não entrou no clube, começou a sofrer as famosas sanções desde então.

O mais legal nessa história é que essas mesmas sanções, forçam os países a enriquecerem urânio como alternativa energética e esse enriquecimento chama a atenção de nosso tio mais FDP, o Tio Sam.
Daí o tiozão vem dizendo que estamos fazendo coisa errada, que precisa invadir nosso país para fiscalizar se estamos realmente agindo corretamente.
Agora diz pra mim que você não ficaria putho com esse tiozão...

Sinceramente não tenho como saber se Irã e Coréia do Norte enriquecem urânio para desenvolverem armamento atômico ou não, mas a história nos mostra diversas investidas do Tio Sam em países "mais fracos" sob alegações jamais comprovadas. E talvez por pura coincidência, todos esses países possuíam riquezas naturais, ou no mínimo uma bela posição estratégica (logística).

Mas será que Irã e Coréia do Norte representam realmente o lado mal do mundo?

Claro que não! Simplesmente porque o país com maior armamento nuclear no mundo (5.113 cabeças nucleares) é o único que já usou essas armas contra outro país, matando mais de 230 mil pessoas!

Odeio essa imposição dos Estados Unidos para que outros países mudem sua política, seu sistema monetário e sua cultura. Embora creio que isso seria melhor para a economia mundial, defendo a cultura de um povo que simplesmente opta por outro caminho.

E sou categórico ao afirmar que mais cedo ou mais tarde explode uma guerra! Mais uma vez encabeçadas pelos "heróis" do Tio Sam.

Sabem por quê?
Porque os Estados Unidos estão em um beco sem saída. Não têm mais pra onde correr.
O famoso analista Marc Faber e o economista Nouriel Roubini, já deram uma de Mãe Dinah e previram a explosão da bomba sobre a qual os Estados Unidos estão sentados. Eles já devem mais ao FED do que conseguem captar e vêm perdendo mais força econômica a cada dia...

Mas tudo bem! Eles são ótimos em lobby e em guerras, portanto no fim das contas eles massacrarão um país para tirarem um ditador do comando e depois instalaram bases "aliadas" para reconstruir tudo. Simples assim!

Desculpem-me o desabafo! Só queria comentar a notícia...

4 comentários :

  1. excelente análise. Me revolto com toda essa situação, estampada, e ninguém toma uma atitude de deter esse "tio Sam".

    ResponderExcluir
  2. Pois é Iago. Eu fico muito revoltado também. Creio que ninguém forte o bastante tomará uma atitude tão cedo. Como tomar uma atitude contra uma nação que tem poder de fogo pra destruir o planeta várias vezes?
    Mas sei que a derrocada deles chegará, mais cedo ou mais tarde. Eles já estão no limite.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. pessoal, naofiquem revoltados... o mundo sempre foi assim.....tai um ditado alemao que resume bem a parada....TUDO SEGUE IGUAL, COMO NA VELHA ROMA.

    ResponderExcluir
  4. Também acho que não adianta se revoltar, mas é bom que enxerguemos "fora da Matrix", para ao menos montarmos uma estratégia em que não percamos com fatores externos.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!