BREAKING NEWS

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Empresa Familiar ou Família Empresarial?

Temos muito material na web sobre as Empresas Familiares e muitos gurus do assunto citam detalhes muito importantes, que ajudam estas empresas a se sobressairem no Mercado. Atualmente podemos citar diversas empresas familiares que realmente deram certo e com suas experiências podemos aprender o bastante para repetir o sucesso em nossos próprios negócios.

Mas nunca ouvi falar da Família Empresarial...
A Família Empresarial nada mais é, que um estágio pelo qual toda empresa familiar passa e que segundo os gurus é errado permanecer ali, aliás, não que seja errado, mas com certeza é uma posição totalmente contrária ao crescimento.

Por quê?
Porque os processos empresariais misturam-se aos familiares, assim como os resultados, erros, individualidades e cargos, enfim, um embolado conflito de interesses.

Dois posts que julgo serem primordiais a qualquer empreendedor em uma empresa familiar são "Meu Próprio Negócio - Como Ganhar" e "Empresas Familiares - Problemas e Soluções", neles o empreendedor verá várias dicas que o colocarão no caminho da profissionalização e total separação entre negócio e família. Vale a pena darem uma lida!

Porém, para toda regra há uma exceção!
Conheço uma Família Empresarial que chegou em um nível que jamais pensei que uma instituicão desse tipo poderia chegar.
E tentando desvendar o motivo dessa exceção existir, procurei por muito tempo do lado errado do negócio, o lado empresarial da coisa. Daí vi que se investigasse por este lado, não acharia o motivo, já que não se tratava de uma empresa familiar...

Então batizei este tipo de empresa como Família Empresarial e investigando pelo lado familiar do negócio, identifiquei os pontos que os levaram a tal patamar no mercado.
Creio que esta família é tão rara quanto uma Tartaruga-das-galápagos-de-pinta, mas existe e eu conheço.
Se existe algum sentimento como egoísmo, inveja, desconfiança, ciúmes ou arrogância de qualquer membro da família, este é automaticamente "deletado" pelo próprio portador. Dessa forma, todos os membros se unem pela mesma coisa, o bem da empresa.

Para isso:
1) abrem mão de qualquer bem material, de qualquer um,
2) abrem mão de caprichos individuais pelo outro,
3) cuidam uns dos outros,
4) apresentam-se a qualquer momento e em qualquer situação,
5) investem forte no trabalho duro e no bootstrapping,
6) são fortes como família, onde um sabe escutar o outro,
7) são unidos e não deixam a porta aberta pra mais ninguém,
8) os rendimentos são investidos no patrimônio e bem estar da empresa e de cada um, de acordo com grau de necessidade estipulado por todos.

Uma Família Empresarial tem que ser uma super-família para sobreviver no Mercado e não há outra forma de sobrevivência e crescimento, sem os pontos descritos acima.

Maaaaaaasssss...
Infelizmente, ou felizmente, há um limite pré-demarcado para negócios desse tipo no mundo globalizado e talvez se a Família Empresarial não se transformar em uma Empresa Familiar logo, todo o trabalho de anos construindo, poderá vir abaixo em pouco tempo.

Esse é o problema, ou melhor, o defeito desse tipo de negócio. A globalização demarca um limite de crescimento e uma data para seu fim!
E a partir do momento que se transformarem em uma Empresa Familiar, suas principais virtudes, já descritas no texto, passam a não valer mais como vantagens.

Na Família Empresarial que conheço já vejo mudanças acontecendo e sei que de uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde, eles mudarão e pulverizarão estes limites, abrindo assim um novo horizonte de crescimento.

Creio que agora você já deve saber se tem uma Empresa Familiar, se está no estágio de Família Empresarial, ou ainda, se faz parte de mais uma raridade.

4 comentários :

  1. Parabéns pela postagem.

    Esse estado que vc muito bem descreve, é sim o horizonte de eventos de sobrevivência de empresas do tipo familiar: é daí pra cima, pro passo seguinte, a profissionalização - ou daí pra baixo, a falência.

    Também tenho um texto muito bom em meu blog que explora o assunto da Profissionalização das empresas familiares. Acredito que é o passo seguinte a este que vc descreve muito bem.

    Caso tenha interesse, o link é esse: http://ideiascorporativas.wordpress.com/2009/10/14/profissionalizando-uma-empresa-familiar/

    Acho que se encaixa muito bem ao seu texto e vc vai gostar

    Um abraço
    Daniel
    www.ideiascorporativas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Opa! Fala aí Daniel!

    Já estou indo lá conferir!
    Bom que fica de dica para os leitores, para complementarem a leitura.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. businessnet rede relacionamentos empresariais

    Nossa missão será permitir que suas portas sejam abertas pelos seus próprios contatos, provendo as mais modernas ferramentas virtuais para tal. Você verá aqui que sua rede é maior e pode ajudar sua empresa muito mais do que se imagina.
    Nossa filosofia é baseada em:
    Redes, comunidades, negócios, relacionamentos entre empresa, fornecedor e cliente. Estamos focados no que há de mais moderno no mundo, para ajudar sua empresa a desenvolver seus projetos de sucessos e conquistar novos mercados.
    A resposta é: Relacionamentos ... monte sua pagina de negocios


    Essa é a nossa missão.. www.businessnet.com.br http://www.youtube.com/watch?v=zlGlLp324NM ou esse link http://www.businessnet.com.br/beta01/portfolio/vitrine_Businessnet.pdf muito obrigado... http://www.businessnet.com.br/tempEDU/30s_Institucional_radio_cut-MUSIC01.mp3

    ResponderExcluir
  4. [url=http://viagraboutiqueone.com/#ewptp]viagra online[/url] - viagra 120 mg , http://viagraboutiqueone.com/#lovia viagra online

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!