BREAKING NEWS

terça-feira, 29 de junho de 2010

O Deserto da Dinheirologia

Bem, ultimamente isso aqui tem andado meio desértico. Estou sem tempo para postar e ainda não adquiri meu super-mega celular com mega-facilidades para postar no Blog. Assunto eu tenho demais, mas tempo...
A diferença aqui no deserto da Dinheirologia, é que quanto mais tempo se passa sem acontecer nada deste lado, mais coisas acontecem do outro lado.

Tenho trabalhado cerca de 15 horas, ou mais, por dia. O trabalho descrito ali, pode ser dividido entre trabalho direto, trabalho indireto e pesquisa. Com isso, ao mesmo tempo em que acumulo mais assunto, menos tempo eu tenho para escrever sobre isso aqui.

Tem acontecido muitas e muitas coisas...
Demiti 4 funcionários numa mesma semana e até agora não me benzi. Amanhã sairá o 5º elemento.
Estou fazendo contatos de negócios para a nova empresa, colhendo cadastros de clientes, estudando formas para diminuir seus impostos, me reunindo com contadores, editando contratos e criando uma teia entre meus negócios para que minha estratégia de pagar menos impostos no Lucro Real não vá pro brejo assim que o dinheiro começar a jorrar para dentro das empresas. Não poderá haver buracos!

Fora isso, estou enfrentando os conhecidos obstáculos de se presidir uma empresa familiar. Quem me conhece já sabe que adoro desafios, mas eles me consomem!

Outro parágrafo que tenho de frisar é sobre a nobre visita feita à empresa hoje pela Receita Estadual e a Polícia Militar. Como são gentis...
Pena que eu não estava lá!
Ganhar boa parte do mercado, penetrar em clientes potenciais e mandar funcionários incompetentes ou inadequados embora dá nisso: DENÚNCIA DESCABIDA EM CIMA DE CALÚNIAS.
Como não devo nada, só fizeram uma bagunça danada na empresa e pediram documentos fiscais que estavam na contabilidade.

Pensava que a Receita tinha mais com o que se preocupar, além de visitas rudes baseadas em mentiras. O sistema deles de Nota Fiscal Eletrônico é um belo exemplo de uma BELA PORCARIA! A propósito, não existe ninguém para fiscalizá-los!?!?

Enfim, podem ter inveja, tentarem me fuder, mas quando todos estes virarem pó, meus negócios ainda existirão.

3 comentários :

  1. É interesante como as coisas vão se desenvolvendo e tomam dimensões que não da para prever.A unica coisa sensata a fazer é manter o foco na coisa certa.
    Quando puder divulge os resultados ou indique as fontas da sua pesquisa sobre planejamento tributario para pagar menos impostos

    ResponderExcluir
  2. É muito dificil conviver com este tipo de situação, porem é nas adversidades que mostramos o quanto somos fortes e capazes. O mercado exige que o empregador tenha cara de vilão, andando certo não temos nada a esconder.

    ResponderExcluir
  3. Pois é galera! Rapadura é doce, mas não é mole!

    Abraços.

    ResponderExcluir

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!