BREAKING NEWS

quinta-feira, 30 de junho de 2016

O que você está esperando para começar a operar na conta real?


Vejo de forma frequente que o mais importante para o Trader é o psicológico. O comportamento e as atitudes são um aspecto mais relevante que o conhecimento de mercado e dos métodos de análise.

A maior parte de nós quando testamos uma conta demo tivemos a sensação de termos encontrado nosso sistema de trading, nossa forma pessoal de operar por meio dos gráficos ou da leitura do fluxo. Provavelmente você simulou operações com 20 contratos futuros, com 2000 ações de Petrobrás ou Vale. Então você pensa: em cinco anos de consistência vou estar uma vida financeira ótima! O que estou esperando para operar na conta real?

Mas afinal de contas qual a diferença entre uma conta demo e uma conta real?

1. Risco de stop loss e, pouco a pouco, destruir todo o capital

2. Risco de a análise não estar correta e acionar o stop loss por uma percepção equivocada do comportamento do preço

Somando estes dois fatores temos a sensação de stress do dia a dia de Trader. Fizemos uma
análise do mercado de forma clara e eficiente, mas a probabilidade de ganho não se concretiza. Ou detectamos que nosso conhecimento apresenta lacunas que nos leva a interpretações incorretas do movimento dos preços. Todos os traders vivem estas situações.

Obviamente traders experientes em menor grau, mas também estão expostos ao stress.

Este stress naturalmente alimenta ansiedade e medo. A reação natural de proteção nos leva a mudar nosso sistema e nosso modo de operar. Mais risco, mais incerteza e mais stress!

Como contornar esta situação?

Assistindo novos vídeos? Assistindo novamente vídeos vistos anteriormente? Lendo livros? Participando de cursos? Acompanhando recomendações de analistas?

Todas estas iniciativas são válidas!

Mas vamos nos preparar para a ADVERSIDADE!!

Se estivermos preparados para a ADVERSIDADE responderemos com um nível de stress normal. Por exemplo: se temos consciência que resultados negativos fazem parte da atividade do Trader, poderemos impor um limite à raiva, ao medo, à angustia e à ansiedade causadas pelo stop loss. Ao ver um trade caminhando em direção ao stop loss saberemos que ele irá compor nossos custos variáveis. Teremos um nível de stress normal.

Quando você optou por ser um Trader você provavelmente planejou seus limites de perda. Mas naturalmente você imaginou que este limite não seria atingido. Então vamos nos planejar para a perda? Vamos nos preparar para a ADVERSIDADE?

1. Plano de Trade
Quais ativos você irá operar? Em qual periodicidade gráfica? Quanto tempo você poderá se dedicar ao trading?

2. Estipular Tamanho da Posição
1 Contrato? 2 Contratos? 100 ações, 200 ações?

3. Estipular Stop Loss
Qual o tamanho do stop loss? Qual a relação risco retorno?

Com tanto conteúdo nas redes sociais, estas sugestões se tornam óbvias. Mas você realmente se preparou para todas elas? Fez testes em conta demo que de fato mostram que seu método de trabalho é apropriado para você sobreviver?

Você quer fazer parte de uma missão Suicida? Lembre-se que da estatística: apenas 5 OU 10 pessoas de um grupo de 100 pessoas irão sobreviver? Você está preparado para a ADVERSIDADE?


Sobre o autor:

Ewerton Silva tem passagem em multinacionais do segmento financeiro. Interessado em análise gráfica e opções. Opera desde 2013 e pretende falar sobre gerenciamento de risco e time de decisão para rentabilidades acima do CDI aqui no Dinheirologia.

Postar um comentário

Escolha bem suas próximas palavras! hehehe
Brincadeirinha!